top of page
  • Foto do escritorRedação

UEPG apresenta livro das descobertas inéditas sobre araucárias no Sul


O seminário será composto por nove apresentações de 30 minutos, intercaladas com momentos de perguntas da plateia

UEPG apresenta livro das descobertas inéditas sobre araucárias no Sul . Foto: Angelo Rocha/Gupe

Professores e alunos da Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG) ligados ao Grupo Universitário de Pesquisas Espeleológicas (Gupe) promovem o 1º Seminário do Projeto EspeleoPiraí em setembro. O encontro do dia 12 será no Auditório do Bloco E, no Campus Uvaranas, das 09h às 12h e das 13h às 17h20. O evento irá divulgar estudos realizados na Escarpa Devoniana e contará com o lançamento do livro “EspeleoPiraí: patrimônio espeleológico arenítico da Escarpa Devoniana em Piraí da Serra”, que reúne o trabalho de 26 pesquisadores e 16 instituições. Sob supervisão de Henrique Pontes e organização de Laís Massuqueto, a obra aborda a área natural, características, biodiversidade, cavidades, pinturas rupestres, além da descoberta do “Abrigo das Araucárias”, primeiro painel com representações de araucárias encontradas no Sul do Brasil. A obra será distribuída nas escolas municipais dos três municípios onde os estudos foram desenvolvidos (Piraí do Sul, Castro e Tibagi). “Chegar nesta fase e ver o livro publicado nos mostra que o Projeto EspeleoPiraí deu certo. Nada mais justo que democratizar o acesso aos resultados do projeto”, explica Henrique. “Considero que atingimos nossos objetivos acadêmicos com as pesquisas e os resultados alcançados, e agora estamos atingindo nosso objetivo de socializar o conhecimento, além das fronteiras da universidade”. Ainda durante o seminário, serão abordados temas como contexto geográfico da área de estudo, geodiversidade, características das cavernas, aspectos biológicos dos ambientes, contexto arqueológico, além de experiências acerca da comunicação do projeto e do protocolo de segurança e emergência adotado durante as expedições de campo. O seminário será composto por nove apresentações de 30 minutos, intercaladas com momentos de perguntas da plateia. Além da participação de pesquisadores da UEPG, também integram o evento o Grupo de Estudos Espeleológicos do Paraná (Geep-Açungui), da Universidade Federal do Paraná (UFPR) e da Universidade de São Paulo (USP).

As inscrições são gratuitas, com vagas limitadas, e podem ser feitas via formulário aqui. Todo o evento também será transmitido via YouTube do Nutead.


Da Assessoria

Comments


bottom of page