top of page
  • Foto do escritorRedação

Livro de suspense tem como cenário a cidade de Curitiba

O livro “O Canto do Cisne” da escritora Marisol F. desvenda a relação misteriosa de dois assassinatos

Livro de suspense tem como cenário a cidade de Curitiba. Foto: Valéria Rolim


O livro de suspense, investigação e crimes, “O Canto do Cisne” da escritora curitibana, Marisol F. é ambientado na fria cidade de Curitiba, no Parque Barigui. Ele envolve um caso de perícia criminal, retratando o drama vivido por uma vítima do sistema judiciário do Brasil, mostrando as faces de dois crimes brutais cometidos contra duas jovens mulheres, mergulhando o leitor em uma trama profunda, através da complexa mente humana.


O lançamento do novo livro foi realizado no dia 29 de setembro, na Biblioteca Pública do Paraná, em Curitiba. Na ocasião, a autora esteve assinando alguns exemplares que foram distribuídos gratuitamente ao público.


A narrativa se inicia depois do assassinato da rica e linda jovem Grace Romagnolli, que é encontrada morta na casa de sua família. Depois de 27 anos dessa tragédia, esse crime irá se misturar com as investigações de outro assassinato brutal, cometido contra Thalita Medeiros, uma jovem universitária, que foi encontrada, estrangulada, no Parque Barigui. Ambos crimes aconteceram no mês de agosto, em uma noite gelada, e estão envolvidos em muito mistério.


As histórias irão se cruzar através do advogado Alexandre Lobo Neto, filho de Grace, que atua como perito criminal, e foi contratado para encontrar o verdadeiro assassino de Thalita, com o objetivo de inocentar Hugo, preso há dois anos. Enquanto o advogado se envolve neste caso, e assim ressurge a dor da morte de sua mãe, já que o caso nunca foi solucionado, e ele decide desvendar os dois crimes, revelando muitos segredos sobre a morte de sua mãe, e as tramas e mentiras envolvendo o assassinato da jovem Thalita.


O título da obra faz uma referência à lenda do cisne branco, animal que supostamente passa a vida inteira silencioso, mas que na hora da morte, emite um longo e melancólico suspiro. No enredo, Grace é comparada ao cisne: uma figura belíssima de admirar, mas que não deve ser retirada do seu ambiente natural.


A autora Marisol F., estudou Ciências Biológicas na Pontifícia Universidade Católica (PUC-Pr). Ela é uma ambientalista que dedica-se às causas dos animais e trabalha como escritora, redatora e tradutora de italiano e espanhol, além de ter em seu currículo uma carreira artística na dança, com o flamenco que é um estilo tipicamente espanhol. Esse é o terceiro livro da escritora, que também é autora de "Dança Comigo?" e "Ícaro", inspirado em uma lenda da mitologia e ambientado na serra gaúcha.


Em 2020, Marisol foi premiada pela Secretaria de Cultura do Paraná, na categoria romance com o texto “Encontro das Águas”, e na categoria crônica, pela Fundação Cultural de Curitiba.


E em 2022, a sua crônica “Borboleta 13”, foi selecionada para a Coletânea de Crônicas do Prêmio Off Flip 2022, que será lançada durante uma das feiras literárias mais importantes da América Latina, a Festa Literária Internacional de Paraty, que vai acontecer entre os dias 23 a 27 de novembro, no Polo Cultural do Sesc, em Paraty.


O livro O Canto do Cisne é um projeto incentivado, através da Lei de Incentivo Federal, de apoio a cultura, com patrocínio da Sanepar (Companhia de Saneamento do Paraná).


Da Assessoria

Comments


bottom of page