top of page
  • Foto do escritorRedação

Cursos da UEPG marcam presença em Feira de Profissões de colégio local

Participaram da Feira os cursos de Agronomia, Artes Visuais, Educação Física, Engenharia Civil, Engenharia de Computação, Engenharia de Software, Medicina e Zootecnia

Cursos da UEPG marcam presença em Feira de Profissões de colégio local. Foto: Divulgação/UEPG


A Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG) participou da Feira de Profissões do Colégio Marista Pio XII, que ocorreu no último sábado (29). Durante o evento, os professores e alunos dos cursos participantes puderam apresentar aos estudantes informações sobre a formação, o cotidiano dos profissionais e oportunidades do mercado de trabalho. Participaram da Feira os cursos de Agronomia, Artes Visuais, Educação Física, Engenharia Civil, Engenharia de Computação, Engenharia de Software, Medicina e Zootecnia.


A UEPG foi convidada pelo colégio por meio da Pró-reitoria de Graduação (Prograd), que encaminhou o convite aos departamentos. “Para a atual gestão da Universidade estar próximo da sociedade é algo fundamental. Participar de Feiras de Profissões é uma oportunidade de levar um pouco daquilo que realizamos nos cursos de graduação, para que os alunos do Ensino Médio saibam o que podem esperar dentro da UEPG”, destaca o pró-reitor de Graduação, professor Miguel Arcanjo de Freitas Junior. Ele percebe que a UEPG é uma universidade que se moderniza a cada dia, graças aos professores, que, além de oferecerem formação acadêmica, levam para os alunos experiências pautadas em processos formativos modernos, científicos e humanos.


Os cursos da UEPG presentes na Feira de Profissões foram selecionados com base no interesse dos alunos do Colégio. Durante o dia, os professores realizaram palestras sobre a formação que a UEPG oferece, os projetos de extensão e pesquisa de seus cursos, além das oportunidades para os profissionais recém-formados em suas respectivas áreas. No estande da UEPG na Feira de Profissões, os alunos do Colégio conheceram as tecnologias desenvolvidas pelos acadêmicos durante a graduação de forma prática e dinâmica. As exposições também foram uma oportunidade para a interação com os vestibulandos e futuros candidatos.


Na parte da manhã, os acadêmicos de Engenharia Civil utilizaram projetos, materiais e pontes desenvolvidas no curso para explicar a atuação dos engenheiros. “O curso é tradicional e vemos muito interesse dos vestibulandos. Tentamos mostrar como o curso funciona, as áreas onde eles podem atuar e falamos sobre as inovações dentro do setor”, explica a professora Lilian Tais de Gouveia. A acadêmica Mariana Cancian, do segundo ano, destaca que o objetivo da apresentação foi trazer a visão dos alunos sobre o curso. “Falei sobre a atlética, empresa júnior, iniciação científica, que também fazem parte da nossa realidade”.


O curso de Engenharia de Computação realizou, na parte da manhã, apresentação de protótipo de braço robótico desenvolvido pelos alunos. À tarde, os acadêmicos de Engenharia de Software demonstraram projeto de videogame, disponível para os participantes da Feira jogarem. “São áreas que falam por si só. Todo mundo está envolvido querendo aprender. Vejo que o principal objetivo é mostrar para os alunos como realmente é a profissão, além do senso comum, e mostrar como muitas das tecnologias que eles consomem surgem nas universidades”, explica o professor Albino Szesz Júnior, do departamento de Engenharia de Computação. Para ele, é essencial os vestibulandos saberem que, graças à UEPG, é possível ter acesso à formação de alto nível na área de tecnologia em Ponta Grossa.


Os acadêmicos do curso de Artes Visuais realizaram exposição dos quadros e esculturas que produziram durante a graduação, como forma de mostrar as possíveis áreas de atuação, para além da licenciatura. “Acredito que o Curso de Artes Visuais desperta questões de expressão, subjetividade e criatividade, que são características dos jovens, principalmente os que veem na arte um caminho para promover seus anseios artísticos, talentos de maneira profissional”, relata a professora Adriana Rodrigues Suarez. Ela comenta que os alunos ficaram encantados com a apresentação sobre o curso por poderem conhecer as possibilidades que a arte proporciona no mercado profissional.


Representando o curso de Medicina, o professor Leonardo Christiaan Welling mostrou aos alunos que, dentro da área médica, as oportunidades são diversas e que mesmo num mercado com muita concorrência, há espaço nas diferentes especializações. A sua palestra foi a mais assistida de todo o evento. “Expliquei para eles que a Medicina oferece um leque amplo de opções, com muita abertura de mercado de trabalho e rápidas mudanças. Deixei claro que a dedicação do profissional é o principal fator para ter lugar no mundo profissional da Medicina”, ressalta o docente.


“Acho que é de extrema importância dialogar com quem está saindo do Ensino Médio, para mostrarmos o papel da Zootecnia nas cadeias produtivas. Observamos um mercado ainda deficiente em zootecnistas qualificados, especialmente na nossa região, que possui vocação para a pecuária”, destaca o acadêmico Angelo Machado Soltes Filho, do quinto ano de Zootecnia. Durante a Feira de Profissões, os alunos de Zootecnia apresentaram aos participantes tecnologias utilizadas na prática profissional, formas de atuação dos zootecnistas e exemplos de animais estudados em pesquisas na área.


Próximo ao fim da Feira, o curso de Agronomia realizou uma demonstração prática de tecnologia empregada na profissão. O professor Luiz Cláudio Garcia, de Agronomia, explicou aos participantes da Feira e coordenou a utilização de um veículo aéreo não tripulado, popularmente conhecido como drone, utilizado na irrigação de plantações. “A universidade pública tem o dever de acolher novos alunos, por isso é importante apresentar opções para quem está saindo do ensino médio. Mostramos que nosso curso é abrangente, apresentamos a suas tecnologias, abordamos sobre o retorno financeiro, os desafios e as possibilidades para os profissionais”, destaca o professor.


Da Assessoria


Comments


bottom of page