top of page
  • Redação

28ª Semana de Geografia debate relações entre sociedade e natureza

O Departamento de Geociências e o Programa de Pós-Graduação em Geografia, da Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG), realizam na próxima segunda-feira (24) a 28ª Semana de Geografia

28ª Semana de Geografia debate relações entre sociedade e natureza. Foto: Fabio Ansolin

O Departamento de Geociências e o Programa de Pós-Graduação em Geografia, da Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG), realizam na próxima segunda-feira (24) a 28ª Semana de Geografia. O evento acontece de forma híbrida até 27 de outubro. Sob o tema ‘Geografia Sempre – a humanidade e seus mundos’, o evento debate conhecimentos geográficos para compreensão das relações que ocorrem entre sociedade e natureza.


De acordo com a organização, a Semana irá aprimorar a formação de geógrafos, professores e demais interessados. “Temos como objetivo refletir sobre as boas práticas atreladas ao cuidado com o meio ambiente no exercício profissional, de geógrafos e professores, e de como a Geografia pode contribuir para a compreensão das diferentes formas de organização social, práticas humanas e usos do espaço para planejamento e ordenamento de uma humanidade resiliente e mais igualitária”.


O público-alvo são acadêmicos, professores e profissionais da Geografia e áreas correlatas. “A Semana de Geografia constitui uma experiência enriquecedora na formação de pesquisadores, professores e cidadãos, por meio da oportunidade de trocas de experiências e conhecimentos compartilhados com diversos profissionais”, explica a organização. O evento conta com palestras de professores convidados, apresentação de trabalhos, oficinas e minicursos, saídas de campo de cunho cultural, no centro de Ponta Grossa, e espeleológicas em Castro, além de uma confraternização no último dia.


Para a abertura, que acontece às 19h no Centro de Convivência da UEPG, a Orquestra Sinfônica de Ponta Grossa, regida pelo Maestro Rafael Rauski, apresentará um repertório de música erudita e popular brasileira para cordas, com a presença de 35 músicos. O artista Irineu Graciano Alves ainda fará a pintura de uma tela durante a apresentação musical.


Informações do cronograma de atividades estão no link aqui.


Da Assessoria

bottom of page