• Gabriel Ribeiro

Professora de PG cria metodologia recreativa para ensinar matemática

Especialista no assunto, a docente acredita no desenvolvimento cognitivo dos seus alunos

Professora Patrícia Bonfim, desenvolve métodos mais atrativos para despertar o interesse dos alunos na matemática. Foto: Divulgação

Diante da atual situação que as salas de aula se encontram, com os métodos tradicionais de ensino (quadro e giz), e a era digital cada vez mais presente no cotidiano, a professora Patrícia Bonfim, desenvolve métodos mais atrativos para despertar o interesse dos alunos na matemática.


Para uma melhor fixação do conteúdo, e deixa-lo mais fácil de entender, através de jogos em sala de aula, a educadora deixa sua disciplina mais atrativa para os alunos. Com o foco em matemática, por ser sua área de atuação, sua metodologia de ensino pode ser adaptada para outras disciplinas. Desde que siga alguns requisitos. “Desde que estes sejam atrativos e comportem regras com um nível de dificuldade condizente ao grupo etário-escolar”, alerta a professora Patrícia.


Método

Jogos estratégicos: Trabalham as habilidades que compõe o raciocínio lógico. Com eles, os alunos lêem as regras e buscam caminhos para atingirem o objetivo final, utilizando estratégias para isso. O fator sorte não interfere no resultado.


Jogos de treinamento: Reforçar um determinado conteúdo substituindo as cansativas listas de exercícios. Neles, quase sempre um fator sorte exerce um papel preponderante e interfere nos resultados finais, o que pode frustrar as ideias anteriormente colocadas.


Jogos geométricos: Desenvolver a habilidade de observação e o pensamento lógico. Com eles trabalhamos figuras geométricas, semelhança de figuras, ângulos e polígonos.


A professora também ressalta a importância das regras no jogo. “As regras desenvolvem o pensamento lógico, pois a aplicação sistemática das mesmas encaminha a deduções. Estas devem ser apresentadas aos jogadores antes da partida e preestabelecer os limites e possibilidades de ação de cada jogador.”, explica.


Sobre a professora

Psicopedagoga; Graduada em matemática; Pós Graduada em Educação Especial. Escritora do Livro Magia da SEM (Sala de Recursos Multifuncional), elaborado e realizado com seus alunos do ano de 2019. Poeta e membra efetiva da Academia Ponta-grossense de Letras e Artes. (Apla).


Professora Patrícia, desenvolve jogos pedagógicos em sua maioria de tabuleiro. Acredita no desenvolvimento cognitivo de seus alunos através desta metodologia de ensino. Especialista em educação Especial aplica estratégias para alunos com déficit de atenção e hiperatividade, também para os alunos com distúrbio de aprendizagem.