top of page
  • Foto do escritorRedação

Ponta-grossense é finalista em prêmio de professor mais criativo do Brasil

Prêmio é uma iniciativa da Perestroika e da Sputnik com objetivo de mapear e destacar professores com práticas inovadoras e criativas na educação

Eziquiel Ramos, de Ponta Grossa, está entre os finalistas do Prêmio Perestroika. Foto: Divulgação


O professor Eziquiel Ramos, de Ponta Grossa, está entre os finalistas do Prêmio Perestroika, que elege os professores mais criativos do Brasil. A seletiva contou com 454 participantes e nesta semana o professor também integrou o Guia dos Professores Criativos do Brasil com outros 88 professores. A premiação acontecerá no dia 1º de dezembro.

O prêmio é uma iniciativa da Perestroika e da Sputnik com objetivo de mapear e destacar professores com práticas inovadoras e criativas na educação.

Formado em Comunicação e Arte Educação, Eziquiel segue o pensamento freireano e acredita que “a curiosidade move a criatividade assim como a informação e a educação tornam a sociedade livre”. Para ele “uma ação criativa muda a maneira de pensar e agir, e uma educação singular muda as pessoas, e as pessoas mudam a sociedade!”


Neste ano, Eziquiel Ramos foi artista convidado para exposição no Instituto Moreira Salles Paulista em exposição sobre Carolina Maria de Jesus e recebeu prêmios Técnicos de Cultura (2021) e Trajetória (2020).


O professor é diretor da Diálogos Culturais que desenvolve e promove diversos projetos artísticos em Ponta Grossa e região, além de aulas particulares de canto. O trabalho pode ser visto pelo instagram @dialogosculturais e site www.dialogosculturais.com. A Perestroika é uma escola brasileira de inovação e criatividade que chegou até o Vale do Silício.


Por aRede

Comments


bottom of page