top of page
  • Foto do escritorRedação

Miguel Sanches Neto celebra 30 anos como escritor

Em comemoração, o professor e escritor estará lançando um novo livro de poemas. O lançamento, aberto ao público, será realizado às 18h, no Sesc Estação Saudade

A Ninguém e Poesia Reunida’ conta com 500 páginas com toda a poesia produzida por Miguel Sanches Neto - Foto: Fábio Ansolin/Divulgação

O professor e escritor Miguel Sanches Neto celebra 30 anos de dedicação à literatura, com o lançamento do livro A Ninguém e Poesia Reunida, pela Editora Patuá. A obra será lançada nesta quarta-feira (01) no Sesc Estação Saudade, em Ponta Grossa, a partir das 18h.


Em primeiro de março, Miguel Sanches Neto iniciava sua carreira docente na Universidade Estadual de Ponta Grossa, onde atualmente é reitor. Dessa forma, a data marca a confluência entre a história do escritor e do professor, que caminharam juntas nessas três décadas.


Sobre o novo livro, o autor diz que já há algum tempo pensava em publicar uma obra que reunisse sua produção poética. "É uma obra interessante, eu queria ter publicado aos 25 anos e acabou não dando certo, depois eu pensei em fazer aos 30 anos, mas daí veio a pandemia”, relatou.


O primeiro livro publicado por Sanches foi ‘Inscrições a Giz’ de 1991, dessa forma, o marco de 30 anos seria em 2021. Apesar disso, o lançamento chega para comemorar a carreira literária, mesmo que de forma um pouco atrasada. “É claro que o escritor escreve desde cedo, ele começa sua produção muito antes de chegar até o primeiro livro”, esclareceu o autor. Para o futuro, ele espera celebrar outros marcos da sua carreira literária. “Espero comemorar 50 anos", brincou.


O lançamento ‘A Ninguém e Poesia Reunida’ traz já no título uma reflexão provocativa. A capa da obra imita uma carta, mas a dedicatória está direcionada para ‘ninguém’. “A ninguém se refere a um momento em que a literatura brasileira tem poucos leitores. É uma referência irônica, e, ao mesmo tempo, uma homenagem para esse leitor e leitora que ainda dedica seu tempo a leitura de poesia contemporânea brasileira”, explicou Sanches.


O resultado da seleção de poemas é o volume de 500 páginas com toda a poesia produzida por Sanches Neto, com alguma crítica sobre ela. Para além da poesia, o autor destaca que o volume traz o trabalho primoroso da Amanda Vital, que cuidou da edição, e o projeto gráfico do Alessandro Romio. A obra está disponível para compra por meio do site da Editora Patuá.


Além do lançamento da obra, no Sesc Estação Saudade, o público poderá aproveitar a exposição de desenhos de Massaharu Fukushima, que permanece no local durante o mês de março.


Serviço:

Lançamento ‘A Ninguém e Poesia Reunida’

Local: SESC Estação Saudade.

Data: 01 de Março de 2023.

Horário: 18 horas.


Por aRede

Comments


bottom of page