top of page
  • Foto do escritorRedação

“Música Para Todos” encerra primeiro semestre de aulas

O projeto tem coordenação de produção da ABC Projetos Culturais, é realizado através do Programa Municipal de Incentivo Fiscal à Cultura (Promific)



Na tarde de segunda-feira (04) no Conservatório Maestro Paulino foi de muita música e diversão com a apresentação dos alunos do projeto “Música Para Todos”. Pais, amigos e familiares prestigiaram as performances dos estudantes, marcando o encerramento das aulas no primeiro semestre de 2022, coordenadas pelo músico Ricardo Corrêa em parceria com a Vara da Infância e Juventude.


O projeto tem coordenação de produção da ABC Projetos Culturais, é realizado através do Programa Municipal de Incentivo Fiscal à Cultura (PROMIFIC) e tem patrocínio da Belgotex do Brasil. Para o professor Ricardo Corrêa, o evento é resultado do esforço coletivo de professores e estudantes apaixonados pela arte da música. “A palavra que define o evento foi emoção. A música realmente provou para nós mais uma vez que faz a diferença na vida de todos, independente de idade, cor, credo, ela nos une”, afirma.


Foram apresentadas cinco músicas nacionais e internacionais: Asa Branca, de Luiz Gonzaga, pelos estudantes das aulas de teclado iniciante e Have You Ever Seen The Rain? de Creedence Clearwater Revival e O Sol de Vitor Kley, pelos alunos de percussão iniciante. As músicas Que país é esse? de Legião Urbana e Knockin’ On Heaven' s Door de Guns N’ Roses foram performadas pelos alunos de violão e percussão avançada.


Segundo Kauê Vinícius, de 10 anos, aluno do “Música Para Todos”, o projeto mudou sua vida e sua relação com a música. Emocionado, o estudante não conteve as lágrimas na hora de agradecer o apoio de professores e responsáveis pela instituição que o incentivaram a aprender a tocar seu instrumento favorito: a bateria.


O público também conheceu mais de perto o trabalho dos músicos convidados: o cantor de rock João Pedro Carneiro e o baixista Luis Liesenfeld. Os músicos, além de se apresentarem com os alunos, compartilharam suas experiências e histórias da trajetória profissional na cidade. “A música foi uma das melhores coisas que aconteceu na minha vida, por ela só tenho gratidão, e espero que esses jovens talentos realizem os seus sonhos assim como eu venho realizando os meus através da música”, conta Liesenfeld.


O projeto

Desde 2016, o projeto “Música para Todos” leva o conhecimento da arte da música instrumental para crianças e adolescentes. A Vara da Infância e Juventude faz a seleção do público atendido pelo projeto, considerando critérios principalmente ligados à vulnerabilidade social. O aprendizado musical e o acesso à produção artística, em prol da sensibilização musical e socialização das crianças e adolescentes são alguns dos principais objetivos do projeto.


Teclado, flautas, violão, guitarra, bateria e contrabaixo são alguns dos instrumentos ensinados em sala. Durante as aulas, os instrutores mostram os instrumentos e explicam sobre arranjos e acordes musicais. Em seguida, o aluno aprimora os conhecimentos das aulas praticando com os instrumentos em mãos. Também são trabalhadas a criatividade, a percussão corporal e a coordenação motora durante as aulas semanais.


Parceira do projeto desde o começo, a Vara da Infância vem acompanhando o desenvolvimento dos alunos que participam do projeto ao longo dos anos. “O projeto ajuda a esses jovens a ver na música uma possibilidade de aprendizado e incentivo à cultura e até a transformar a música em um instrumento de trabalho”, afirma a juíza de direito titular da Vara da Infância e Juventude de Ponta Grossa, Noeli Salete Tavares Reback.


Foto: Divulgação


Da Assessoria

Comments


bottom of page