top of page
  • Foto do escritorRedação

Governo abre inscrições para premiação na área da Ciência e Tecnologia

Estão abertas as inscrições para o 6ª Prêmio Paranaense de Ciência e Tecnologia do Governo do Estado

Os interessados podem participar em apenas uma área e uma categoria, e o prazo para submissão dos projetos segue até 7 de julho. Foto: Aline Jasper

A Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG) incentiva os pesquisadores da instituição que participem desta edição. Podem concorrer trabalhos nas áreas de Ciências Agrárias e Ciências Sociais e Humanas, nas categorias Pesquisador, Extensionista e Estudante de Graduação.


Todo ano são contempladas duas áreas do conhecimento, conforme tabela da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes). As duas primeiras categorias, Pesquisador e Extensionista são destinadas a professores que desenvolvem pesquisas e atividades de extensão em instituições paranaenses de ensino superior ou de pesquisa científica e tecnológica. O valor individual da premiação em ambas as modalidades é R$ 29,4 mil.


A categoria, Estudante de Graduação, é voltada para alunos de instituições de ensino superior credenciadas no Ministério da Educação (MEC). Os alunos podem inscrever estudos realizados em programas de iniciação científica, trabalhos de conclusão de curso (TCC) e projetos de grupos de pesquisa. Nessa modalidade, cada prêmio é de R$ 9,8 mil. Outra categoria é direcionada para profissionais da imprensa paranaense com reportagens que destacam a ciência, tecnologia e inovação, a partir de ações desenvolvidas por pesquisadores, grupos de pesquisa e instituições de ensino superior ou de pesquisa científica e tecnológica. Com exceção de produções institucionais, os trabalhos podem ser em diferentes formatos e divulgados em meios de comunicação, como emissoras de rádio, TV, podcasts, revistas, jornais e portais de notícias. As premiações para essas modalidades são de R$ 11,7 mil, cada uma.


Os recursos são provenientes do Fundo Paraná, dotação administrada pela Secretaria da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (Seti), exclusiva para o fomento de iniciativas científicas, tecnológicas e de inovação no território paranaense. O secretário estadual da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior do Paraná, Aldo Nelson Bona, destaca a importância da premiação como reconhecimento governamental no âmbito da difusão científica. “Esse prêmio é importante para incentivar as pessoas envolvidas no fazer cotidiano da ciência em todo o Estado, para que busquem a excelência e, sobretudo, para que os resultados das pesquisas possam impactar na vida das pessoas e contribuir para transformações sociais, inclusive no nível do desenvolvimento econômico, na geração de emprego e renda e na melhoria da qualidade de vida da sociedade paranaense”, afirma Bona.


Os interessados podem participar em apenas uma área e uma categoria, e o prazo para submissão dos projetos segue até 7 de julho. O anúncio dos vencedores ocorrerá na própria solenidade de entrega do prêmio, prevista para acontecer até 30 de novembro.


Da Assessoria

Comments


bottom of page