top of page
  • Foto do escritorHurlan Jesus

Escritora de Ponta Grossa é homenageada em Brasília

Dione Navarro, escritora e presidente da Academia Ponta-grossense de Letras e Artes, foi homenageada com títulos e medalhas em reconhecimento à sua significativa contribuição para a cultura na região dos Campos Gerais, no sul do Brasil

Dione Navarro enfatiza a importância da inclusão social da literatura nas escolas, destacando a preocupação das academias presentes em produzir livros infantis em formatos acessíveis. Foto: Divulgação


No Teatro Ulisses Guimarães, localizado em Brasília, Distrito Federal, ocorreu na semana passada o V Encontro Nacional das Academias de Letras do Brasil. Este evento reuniu escritores e presidentes de Academias de Letras de todo o país, proporcionando um palco para reflexões sobre a literatura contemporânea, além de compartilhar projetos e obras literárias de diversas academias presentes. Dione Navarro, escritora e presidente da Academia Ponta-grossense de Letras e Artes, foi homenageada com títulos e medalhas em reconhecimento à sua significativa contribuição para a cultura na região dos Campos Gerais, no sul do Brasil.


O V Encontro Nacional das Academias, que já aconteceu em estados como Amazonas, Maranhão e Tocantins em anos anteriores, visa reunir literatos de todo o país para discutir novas tendências e caminhos na literatura contemporânea. O evento inclui palestras, mesas redondas e vivências compartilhadas, proporcionando um cenário de destaque para projetos e obras literárias de várias academias do Brasil.


Dione Navarro também teve a oportunidade de usar a tribuna durante o evento, onde compartilhou os resultados de seus projetos culturais, selecionados por editais de fomento cultural, demonstrando a importância da participação ativa dos escritores nessas iniciativas, especialmente aquelas oferecidas pela Prefeitura de Ponta Grossa, como o Programa Municipal de Incentivo Fiscal à Cultura (Promific).


Seu projeto mais recente, intitulado "Assim Nasce um Escritor," foi calorosamente recebido pela audiência literária. O projeto, que desafia o senso comum das crianças, oferece estratégias para que os alunos se tornem protagonistas de suas próprias histórias, em vez de meros leitores. No âmbito deste projeto, 90 alunos de quatro escolas diferentes, municipais e estaduais, tiveram a oportunidade de se tornar os mais jovens escritores de Ponta Grossa, contribuindo para as comemorações dos 200 anos da cidade.


Dione Navarro enfatiza a importância da inclusão social da literatura nas escolas, destacando a preocupação das academias presentes em produzir livros infantis em formatos acessíveis, como braille e libras, para atender às necessidades de estudantes com deficiências visuais e auditivas.


Além disso, o encontro revelou a existência da AIAB - Academia Inclusiva de Autores Brasileiros, que se dedica a produzir literatura para crianças surdas, mudas e com deficiência visual. Essa iniciativa sensibilizou profundamente os escritores presentes, reforçando a ideia de que a literatura infantil deve ser acessível a todos, independentemente de suas condições.


O evento contou com a participação de academias de todas as regiões do Brasil, como a Academia de Educação do Brasil (ACEBRA), Academia de Letras e Música do Brasil (ALMUB), Academia de Letras de Brasília (ALB), entre outras. A região dos Campos Gerais, no Paraná, foi representada pela Academia Ponta-grossense de Letras e Artes (APLA).


Outro destaque do encontro foi a fundação da Academia de Educação do Paraná, aprovada pelo Ministério da Educação (MEC) e prevista para ser implantada em 2024. Dione Navarro foi convidada a fazer parte da diretoria, juntamente com outros membros de destaque, fortalecendo o compromisso com a educação e a literatura no estado.


A criação da seccional da Academia de Educação do Brasil no Paraná representa uma conquista significativa, com a perspectiva de promover a cultura e a educação em todo o estado. Dione Navarro expressou sua honra em participar dessa jornada e destacou a importância de fortalecer a literatura e a educação como base para futuras ações e projetos nas escolas do Paraná. Este encontro nacional de academias de letras demonstrou o compromisso e paixão dos escritores brasileiros em promover a literatura, a inclusão social e a educação em todo o país.

Fotos: Divulgação


Comments


bottom of page