• Redação

Cultura Plural realiza entrevistas com vencedores do FUC 2021

Iniciativa promove em novembro uma série de lives com os músicos vencedores

Iniciativa promove em novembro uma série de lives com os músicos vencedores. Foto: Luciane Navarro/UEPG

O projeto de extensão Cultura Plural, do curso de Jornalismo da Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG), promove em novembro uma série de lives com músicos vencedores do 33º Festival Universitário da Canção, evento realizado pela Diretoria de Assuntos Culturais. A iniciativa surgiu da parceria do projeto, com a organização do Festival, e tem como propósito conhecer e difundir a trajetória dos músicos locais. A próxima entrevista acontece nesta quinta-feira (18), com Lucas Cabral, vencedor da melhor música.


A primeira entrevista aconteceu na última terça-feira, com o músico Scilas Oliveira, que venceu como melhor intérprete e ficou em 2º lugar no FUC. “Foi uma oportunidade para conhecer a trajetória do Scilas e dialogar sobre o cenário da produção musical na cidade e região”, explica a coordenadora do projeto, Karina Janz Woitowicz. Com transmissão nas redes sociais Instagram e Facebook, a iniciativa buscou cumprir um duplo propósito, segundo ela: “valorizar a produção cultural local, interagindo com o setor da música, e oferecer à equipe uma experiência jornalística ao vivo por meio da prática da extensão”.

Desde junho de 2020, o Cultura Plural iniciou a produção de lives para promover diálogos sobre a cultura no contexto da pandemia. As entrevistas acontecerão até 30 de novembro:

16/11 Scilas (2º lugar e melhor intérprete)

18/11 Lucas Cabral (melhor música)

22/11 Luizinho (1º lugar)

25/11 Zero Meia (melhor letra)

30/11 Fios de Baiano – Júlio (3º lugar)

Neste ano, o 33º Festival Universitário da Canção (FUC) aconteceu de forma remota no dia 6 de outubro, com transmissão pelo Facebook da UEPG. Das dez músicas selecionadas pelo júri e apresentadas ao público, a canção vencedora foi “O Eterno é o Presente”, interpretada por Luizinho. Em segundo lugar ficou a canção “Um Bêbado Iluminado”, do músico Scilas, e em terceiro lugar a canção “Pobre Chavinho”, da banda Fios de Baiano.


O Festival contou também com o voto popular, realizado por meio de uma enquete na internet. Os vencedores da noite foram Zero Meia, com a música “Num Estalo”, na categoria de melhor letra, o cantor Scilas na categoria de melhor intérprete e Lucas Cabral, com “Constantemente Contato”, na categoria de melhor música.


Fonte: Assessoria