top of page
  • Foto do escritorRedação

Castro inaugura Casa do Artesão e Celeiro da Música e Artes

Foram inauguradas pela Secretaria de Cultura, Indústria, Comércio e Turismo na manhã de quinta-feira (31), a Casa do Artesão e o Celeiro da Música e Artes, ambos no antigo Centro de Informações Turística do Município

Castro inaugura Casa do Artesão e Celeiro da Música e Artes. Foto: Divulgação

A Rua Guilherme Zimerman, em Castro, terá mais cores, mais sons e mais arte a partir de agora. Foram inauguradas pela Secretaria de Cultura, Indústria, Comércio e Turismo na manhã de quinta-feira (31), a Casa do Artesão e o Celeiro da Música e Artes, ambos no antigo Centro de Informações Turística do Município.


Durante a inauguração dos espaços a secretária de Cultura, Indústria, Comércio e Turismo, Gisele Coradassi destacou o fato de esses locais estarem fechados há algum tempo e de os centros de informações turísticas terem caído em desuso, por conta das facilidades de locomoção, possibilitadas pelos celulares e pela internet.


Com a cessão para as associações de artesãos e de músicos e artistas castrenses, ambos os espaços não só voltam a ser ocupados, como também representam oportunidade de geração de renda, dão mais visibilidade e geram mais oportunidades para os artistas. “É muito bom ver o celeiro e a casa reabertos, pensamos que as Associações podem ser muito amplas, com todos os artesãos do município se associando e aproveitando esse espaço para potencializar a arte, que vocês fazem com tanto amor. Faltava no município algo que retrata a nossa história, um lugar para que os turistas possam comprar lembranças de nossa cidade quando estiverem aqui”, destacou.


O presidente da Associação dos Artesãos, Djalma Araujo Coelho Junior afirmou durante o evento que trata-se da realização de um sonho. “Nós apresentamos esse projeto para a Secretaria de Turismo, porque tínhamos o sonho de criar a associação e de termos um lugar para trabalhar, hoje o sonho se tornou realidade. Nosso grupo é bem unido e bem firme no propósito de manter esse sonho vivo”, salientou.


De acordo com Djalma, Castro já tem mais de 150 artesãos cadastrados e todos poderão fazer uso do espaço, se desejarem. Conforme ressaltou ele, a casa contribuirá tanto para fomentar a economia como a cultura e valorização histórica do município. “A Casa do Artesão é para os artesãos da cidade, todos serão bem-vindos aqui, os que quiserem expor sua arte e sua criatividade. Também pretendemos promover feiras, workshops e cursos aqui, em parceria com a Prefeitura, para fomentarmos a cultura do município e o turismo e ainda podermos dar oportunidade de emprego e renda para as pessoas empreenderem”, explicou.


Quem também celebrou o início das atividades no celeiro foi o presidente da Associação de Músicos e Fazedores de Arte de Castro, Naymer Schmidt. Ele destacou que os músicos do município sempre buscaram um espaço adequado – para se apresentar, para ensaios e para dar aulas de música. “Queríamos um espaço para poder democratizar o acesso a música e a todas as formas de arte, por isso estamos muito felizes de inaugurar este espaço. Já nos organizávamos nas ruas, em casa, mas não tínhamos um espaço fixo onde pudéssemos concentrar isso, para dar aula, ensinar música e produções artísticas diferentes, assim como para apresentação musical e teatral, além disso, temos o projeto de produzir instrumentos com material reciclável. Para tudo isso, precisávamos de um espaço, e este será um espaço para todas as formas de arte”, ressaltou.


Segundo o presidente, a Associação tem parcerias, com grupos de teatro, por exemplo, que também usarão e se apresentarão no celeiro. Algumas dessas apresentações inclusive, terão o objetivo de arrecadar alimentos, para posterior doação.


Funcionamento

Inicialmente os novos espaços culturais de Castro abrirão diariamente, inclusive aos sábados, domingos e feriados, em horário comercial, com intervalo de almoço.

Fotos: Divulgação


Da Assessoria

Comments


bottom of page