• Gabriel Ribeiro

“Canções da Terra e da Gente” acontece neste domingo (05) em PG

Em parceria com o Coro Juventil da UEPG, Madrigal Maestro Gabriel de Paulo Machado apresenta um espetáculo de reflexão

"Canções da Terra e da Gente" é uma homenagem ao Maestro Gabriel de Paulo Machado. Foto: Josué Teixeira

A primeira apresentação de Canções da Terra e da Gente, em homenagem ao Madrigal Maestro Gabriel de Paulo Machado, acontece neste domingo (05) na Igreja Luterana Bom Pastor. Com o intuito de valorizar as canções do Paraná e região e parceria do Coro Juvenil da UEPG, o espetáculo promete apresentar diversos desafios.


Temas como, “o enfrentamento das dores e do luto atravessados pela sociedade, em razão da pandemia, as crises bélicas que nos cercam, a perspectiva da escassez em diferentes áreas”, estarão presentes na noite de estreia. Para a maestrina Prof. Dra. Carla Roggenkamp, que é quem comanda o concerto, essa noite de estreia lhe causa um frio na barriga. “Já trabalho com coro durante muitos anos, mas a estreia de um grupo novo é algo que nos deixa felizes e com um frio na barriga”, conta Carla.


As expectativas da maestrina são as melhores. Ela espera que um bom público esteja presente na noite de domingo os prestigiando. “Sabemos que um público que gosta de coral não é um público gigantesco, mas é um público carinhoso e sempre nos acompanha em outros projetos”, comenta.


Questionada sobre o repertório e temas abordados da apresentação, a professora afirma que escolheu essa temática para falar sobre as coisas básicas da vida. Sobre o repertório, ela conta que as músicas selecionadas são clássicas do MPB, como “Asa Branca”, de Luiz Gonzaga e “Bandeira Branca”, de Ivan Lins, além de outras 13 canções que abordam os temas do coro.

Para aqueles que querem prestigiar o espetáculo, a entrada será franca e terá em média 1h15 de duração. Apenas a noite de estreia que irá durar um pouco mais em razão de uma homenagem ao maestro e professor Gabriel de Paulo Machado. “Ele foi um grande incentivador da arte dentro da UEPG. Foi e é uma figura muito importante para nós.”, relembra Carla Roggenkamp.


Além de domingo (05), o coro estará presente em outras cidades também. Como Castro e Palmeira. Quem não puder comparecer no dia, a turma de jornalismo da Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG), fará a cobertura.

Foto: Divulgação

Serviço

Local: 05/06 (19h) na Igreja Luterana Bom Pastor de Ponta Grossa

08/06 (20h) na Igreja Nossa Senhora do Rosário em Castro

09/06 (20h) no Clube Palmeirense em Palmeira

12/06 (20h) na Igreja São José de Ponta Grossa.

Ingresso: A entrada será franca para todas as apresentações e não é necessário fazer nenhum pre-cadastro, basta comparecer no dia.