top of page
  • Foto do escritorRedação

Reencontro Literário: Celebrando a vida e obra de Helena Kolody

Adélia Maria Woellner e Luísa Cristina dos Santos Fontes trazem a essência da grande dama da 'Poesia' paranaense de volta à vida

Escritoras: Adélia Maria Woellner (à esquerda) e Luísa Cristina dos Santos Fontes (à direita) celebram Helena Kolody (ao centro da imagem). Foto: Divulgação


​No dia 12 de outubro de 1912, na cidade de Cruz Machado, no Paraná, nasceu a "Poesia". Filha de imigrantes ucranianos, Helena Kolody, dona de uma sensibilidade sem limites. ​No dia 6 de outubro, às 15 horas, haverá um encontro com a alma de Helena Kolody na fala das acadêmicas, Adélia Maria Woellner e Luísa Cristina dos Santos Fontes. A promoção é da Academia Feminina de Letras do Paraná, presidida por Madalena Ferrante Pizzatto, para celebrar o nascimento da grande dama da "Poesia" paranaense.


As duas professoras/escritoras têm um vasto conhecimento sobre Helena Kolody, vida e obra, seus temas, suas preferências, sua forma de encarar a vida e seus procedimentos literários.


​A escritora Adélia Maria Woellner foi professora de Direito Penal, Pontifícia Universidade Católica do Paraná, e Servidora da Rede Ferroviária Federal. Tomou posse, em abril de 1996, como 3ª Ocupante da Cadeira 15 da Academia Paranaense de Letras, saudada por Helena Kolody. Na Academia Feminina de Letras do Paraná, é a 1ª Ocupante da Cadeira 18. Dirigiu o Centro de Letras do Paraná (1998-1999). Dedica-se à poesia e à literatura infantil. Publicou: Balada do amor que se foi, Nhanduti, Avesso meu, Graciette Salmon – a ciranda da estrela sozinha, Luzes no espelho, Férias no sítio, O jardim das virtudes, Infinito em mim, Poemas para orar e meditar, Poemas para amar, Trovas do dia a dia, Dito e escrito, Coleção Tagarela, Caçador de estrelas, entre muitos outros... Amiga da escritora Helena Kolody. Vive em Piraquara (PR).


​A escritora Luísa Cristina dos Santos Fontes é professora aposentada da Universidade Estadual de Ponta Grossa. Defendeu Tese de Doutoramento na Universidade Federal de Santa Catarina, com fotobiografia de Helena Kolody. Na Academia Feminina de Letras do Paraná é a 2ª Ocupante da Cadeira 2, sucedendo Helena Kolody. É fundadora da Academia de Letras dos Campos Gerais. Dedica-se a pesquisar sobre a literatura produzida por escritoras paranaenses no século XIX e início do XX. Publicou: Anita Philipovsky – a princesa dos campos, Roteiro Literário – Helena Kolody, Estudinho sobre a origem da saudade, Literatura e mulher – vozes consequentes, A literatura de autoria feminina em suas interdi(c)ções, As janelas de Leonilda, entre outros... É organizadora da Coluna da Academia de Letras dos Campos Gerais, no jornal Diário dos Campos, há 14 anos. Vive em Ponta Grossa (PR).


​O evento será no Centro Paranaense Feminino de Cultura. Rua Visconde do Rio Branco, 1717 – Centro de Curitiba. Entrada gratuita.



Da Assessoria

Comments


bottom of page