• Redação

Olaria Cartonera realiza evento presencial

Atualizado: 20 de abr.

Evento tem como objetivo o lançamento de livros, sendo realizado nesta quinta-feira (21) no Boteco da Estação

Nesta quinta-feira(21), a partir das 19h, as portas do Boteco da Estação se abrem para o lançamento de três novos livros produzidos pela Olaria Cartoneira. Foto: Divulgação

Depois de mais de dois anos funcionando virtualmente, com muitas lives e campanhas de financiamento coletivo, a Olaria Cartonera anunciou o retorno das atividades presenciais. Nesta quinta-feira, 21 de abril, a partir das 19h, as portas do Boteco da Estação (R. Ermelino de Leão, nº 1565) se abrem para o lançamento de três novos livros produzidos pela Olaria Cartoneira.


“Marcando esse retorno, lançaremos 3 livretos: Faísca distante, da Aline Sviatowski, e Rasgo, do Felipe Teodoro - ambos pela Coleção Fundo de Vale -, e IMAGOS, de Igor Moroski Machado, que integrará nossa Coleção 277. Além destes, é claro, também relançaremos todos os nossos títulos pandêmicos, com a presença de diversos autores da casa. Será nada menos que imperdível”, explica Marco Aurélio de Souza, um dos coordenadores da Olaria Cartoneira.


A coleção 277 leva o nome de uma rodovia por também ser uma grande estrada formada por palavras que cruza todo o estado do Paraná. Já a coleção Fundo do Vale proporciona aos leitores o encontro de uma poesia que a cidade não vê, fomentando e reconhecendo a diversidade poética dos Campos Gerais. A Olaria Cartoneira é formada por um coletivo de poetas e selo de livros artesanais com sede em Ponta Grossa/PR e coordenada por Marco Aurélio de Souza e Felipe Teodoro. O projeto nasce com o propósito de fortalecer e diversificar a cena poética dos Campos Gerais do Paraná, com livros tanto autores inéditos como também já publicados, em um formato acessível e popular, pensado dentro da lógica de mutirão. Conheça os autores do lançamento:

Igor Moroski Machado nasceu em Curitiba, em 1998, mas foi criado no litoral do estado. Publicou Vermelho Medusa em 2020 pela Editora Urutau, editora que também editará Pindorama Aceldama (no prelo). Pela Olaria, o autor publicará os poemas de IMAGOS.

Felipe Teodoro é natural de Ponta Grossa/PR e nasceu em 1993. É autor dos livros Onde os Passáros Cantam Doentes (2018), Toda Noite é um Abismo (2019), O Coração é uma Pedra Sonhando (2020) e Depois da Parede do Sono (Inédito, Prêmio SECC-PR Outras Palavras 2020). Publicou em diversas Revistas, Blogs e antologias literárias. É Mestre em Estudos da Linguagem pela UEPG, atua como professor na rede pública do Paraná.


Aline Sviatowski nasceu em Ponta Grossa/PR, no ano de 1994, e é artesã, escritora, estudante e professora de pré-vestibular. Autora do livro de crônicas Memórias Araucárias (Editora Penalux, 2021), encontra na cultura local e nas pessoas da sua cidade inspiração para a escrita. Com a Olaria, a autora publicará o seu primeiro volume de poemas, Faísca distante, pela Coleção Fundo de Vale, que visa jogar luz sobre a poesia da região dos Campos Gerais do Paraná.

Foto: Divulgação

Da Assessoria