• Hurlan Jesus

Festival Prosiá irá movimentar o Teatro de PG na próxima semana

Atualizado: 25 de jul.

Evento inicia na próxima terça-feira (26) e segue até domingo (31), será uma semana com diversas apresentações teatrais

Festival de Teatro Prosiá reúne diversos atores e atrizes locais. Esta é a segunda edição do evento. Foto: Divulgação

O Festival de Teatro Prosiá, organizado pelo Coletivo Cacareco, inicia na próxima terça-feira (26) no auditório do campus central da Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG) com a apresentação da peça “A Jornada de Ida”. Durante toda a semana serão apresentados oito peças teatrais e doze cenas curtas. Os espetáculos serão apresentados, além do auditório central da UEPG, também no Teatro Sesc Estação Saudade e no Ceci (Centro de Estudos) e o encerramento com a cerimônia de premiação será no Pub Espeto D’Ponta.


Em sua segunda edição, o Festival de Teatro Prosiá apresentará oito espetáculos ponta-grossenses: A Jornada de Ida (Aline Navarro), Abaretama (Heloísa Frense Pereira), Marcas (Amanda Plantes Nass), Des/criativo (Kevin Braga), Mirra (Lex Hilgemberger), O Cubo Mágico (Leandro Wenglarek), A Borboleta da Colina (Leila Inês Follmann Freire) e Gato Boo (Carlos Alexandre de Andrade).


Também serão apresentadas diversas mostras de cenas curtas: A Vida não Deixou (Aline Navarro), Filho (Priscila Grotz), Histerya (Mariana Boá), Lamentações de Revoltas Águas (Lex Hilgemberge), Marcas de uma Ditadura (Mariele Zanin), O Desespero (David Dias), O Menino de lugar nenhum (Kevin Braga), O que eu deveria ser se não fosse quem eu sou (Michella França), O que meus olhos não veem (Ana Almeida), Olirrô, O Pintor (Alisson Andrei), Só por existir (Nataly Lima) e Valsa nª6 (Maria Luiza Fadel).


Os espetáculos e as mostras de cenas curtas que estão participando do Festival de Teatro Prosiá 2022, foram aprovados em um edital realizado pelo Coletivo Cacareco no mês de abril (veja o resultado aqui). Os organizadores contam que o nome do evento "Prosiá" é originado de prosa e possui o intuito de remeter a conversa e diálogo entre os artistas e os amantes do teatro.


Ao todo serão dezenas de atores e atrizes locais participando do evento. Esta é a segunda edição do Festival, ano passado as apresentações foram online, e com a retomada dos eventos presenciais, o Prosiá torna-se 100% presencial. “O Prosiá superou as expectativas no ano passado, e este ano não vai ser diferente, ainda mais que os espetáculos serão presencialmente”, explica Paulo Henrique Neto, diretor do Festival.


Paulo também acrescenta que o objetivo do Festival é a troca de experiências entre artistas, técnicos de teatro e público, “Na vida e no teatro precisamos estar acompanhados, o teatro não se faz sozinho, nada melhor que reunir pessoas que amam o teatro em um evento como este durante toda a semana”, finaliza o organizador e diretor do evento.


Programação

26/07 (terça-feira)

19 horas: Abertura Oficial e apresentação da peça: “A Jornada de Ida” (Auditório Campus Central UEPG)


27/07 (quarta-feira)

19 horas: Abaretama (CECI – Centro de Estudos Cênicos Integrados)

21 horas: Marcas (Teatro Sesc Estação Saudade)


28/07 (quinta-feira)

19 horas: Des/criativo (Auditório Campus Central UEPG)

21 horas: Mirra (Teatro Sesc Estação Saudade) – público adulto


29/07 (sexta-feira)

19 horas: Mostra de cenas curtas (CECI – Centro de Estudos Cênicos Integrados) – diversas apresentações


30/07 (sábado)

16 horas: O Cubo Mágico (Auditório Campus Central UEPG)

19 horas: A Borboleta da Colina (Auditório Campus Central UEPG)

21 horas: Gato Boo (Teatro Sesc Estação Saudade) – público adulto


31/07 (domingo)

16 horas: Encerramento com a Cerimônia de Premiação (Pub Espeto D’Ponta)