top of page
  • Redação

Dicas para conquistar a redação nota 1000 no Enem 2022

Conhecer os critérios de avaliação e a prática constante são algumas das dicas dadas por professor e que podem fazer a diferença

Dicas para conquistar a redação nota 1000 no Enem 2022. Foto: Reprodução

Faltando menos de 50 dias para a aplicação do Enem 2022 (Exame Nacional do Ensino Médio), muitas são as dúvidas dos estudantes sobre como se preparar para obter um bom resultado.


Considerado uma das principais portas de entrada para o ensino superior, este ano o exame será aplicado nos dias 13 e 20 de novembro.


Na estrutura, a prova é composta por 180 questões objetivas e de múltipla escolha, divididas em dois dias, nas áreas de Ciências Humanas e Suas Tecnologias; Linguagens, Códigos e Suas Tecnologias; Matemática, Códigos e Suas Tecnologias; e Ciências da Natureza e Suas Tecnologias.


No primeiro dia, o candidato precisa, ainda, elaborar uma proposta de redação dissertativa-argumentativa, de acordo com o tema indicado. Para alguns, esse pode ser um desafio ainda maior do que enfrentar o caderno de questões.


Em 2021, mais de 2 milhões de participantes realizaram as provas. Segundo dados divulgados pelo Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira), deste total, 4,31% - o que corresponde a 95.788 pessoas - zeraram a redação.

Os problemas são diversos como: fuga do tema, cópia do texto de apoio, texto insuficiente, não entendimento do tipo de texto, partes desconectadas, entre outros.


Do total de participantes, apenas 22 conseguiram a nota máxima da redação. E o primeiro passo para conseguir a nota 1.000, de acordo com o professor Rafael Colucci, da Plataforma AZ de Aprendizagem, é entender como é a composição da prova e quais os critérios avaliativos.


A proposta

O tema se apresenta como um problema, atual e relevante, por meio de textos de apoio, obras artísticas, quadrinhos, ilustrações, entre outros. A redação produzida deve ter entre 7 e 30 linhas e ser do gênero dissertativo-argumentativo.


Na hora da correção, os especialistas avaliam 5 competências e atribuem o peso de 0 a 200 para cada uma.


São elas: demonstrar domínio da escrita formal da língua portuguesa; compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema; organizar e relacionar informações, fatos, opiniões e argumentos para defesa do ponto de vista; demonstrar conhecimento linguístico para argumentar; e apresentar uma proposta de intervenção para o problema.


Da Assessoria

bottom of page