top of page
  • Foto do escritorHurlan Jesus

Colônia Terra Nova celebra 90 anos de fundação

Fundada em 1933, a colônia recebeu os primeiros imigrantes alemães que buscavam refúgio da perseguição enfrentada na Alemanha

Colônia Terra Nova, em Castro, celebra 90 anos de fundação com tradição, cultura, história e memória. Foto: Alexandre Hubert

No último fim de semana, a Colônia Terra Nova, localizada a 38 km de Ponta Grossa, comemorou os 90 anos desde a sua fundação, em um evento repleto de tradição, cultura, história e memória. Fundada em 1933, a colônia recebeu os primeiros imigrantes alemães que buscavam refúgio da perseguição enfrentada na Alemanha. "Diferentemente de muitas outras colônias da época, os imigrantes de Terra Nova não eram predominantemente camponeses, mas sim professores, engenheiros, comerciantes e profissionais liberais. Entre eles, havia até mesmo uma cantora de ópera, um escritor e um músico", explica Carlos Mendes presidente da Associação Germânica dos Campos Gerais.


A colônia, que contava inclusive com um cônsul alemão representando o governo do país, possui descendentes dos imigrantes originais que preservam com muito orgulho a cultura alemã. Um exemplo disso é o grupo folclórico "O Sonnenstrahl", que abrilhanta as festividades com suas apresentações, assim como um grupo de teatro que realiza peças inclusive na língua alemã. Além disso, a gastronomia alemã é preservada e apreciada pelos habitantes da colônia.


A festa da colheita, conhecida como Erntedankfest, é o principal evento no calendário da Colônia Terra Nova e ocorre no mês de maio. No entanto, as comemorações deste final de semana marcaram de forma significativa os 90 anos da fundação da colônia. Durante dois dias, os visitantes puderam desfrutar de uma variedade de atrações, como venda de comidas típicas, artesanato, apresentações musicais e uma exposição comemorativa da imigração.


A diversidade gastronômica presente na festa encantou os paladares dos participantes. Além do almoço típico programado para o domingo, inúmeras barracas estavam disponíveis durante os dois dias do evento, servindo delícias tradicionais alemãs. Entre elas, destacavam-se o tradicional Waffel, o Apfelstrudel (strudel de maçã), Spekulatius (bolachinhas típicas), Stollen (pão de natal alemão), além de bolos e tortas típicas. Pratos salgados como Zwiebelküchen (bolo salgado de cebola), Bratwurst (salsicha branca), Eisbein (joelho de porco) e Currywurst (prato com salsicha originário de Berlim) também estavam disponíveis para degustação.


No sábado (08), os visitantes tiveram a oportunidade de participar de uma caminhada pela colônia, percorrendo os principais sítios em um trajeto de pouco mais de 6 km. Essa atividade proporcionou uma imersão na história e na paisagem local, permitindo aos participantes conhecerem de perto os encantos e as características da Colônia Terra Nova.


Presença da Associação Germânica dos Campos Gerais

A Associação Germânica dos Campos Gerais teve uma participação ativa nas comemorações dos 90 anos da chegada dos imigrantes alemães na Colônia Terra Nova, em Castro. A entidade, que valoriza a tradição, cultura, história e memória dos imigrantes germânicos, celebrou junto à comunidade local a rica herança deixada pelos fundadores da colônia. Durante o evento, a Associação promoveu diversas atividades e colaborou para que a festividade fosse um sucesso.

Associação Germânica dos Campos Gerais marca presença no evento. Foto: Divulgação

A celebração dos 90 anos da Colônia Terra Nova em Castro demonstrou a importância de preservar e valorizar a cultura e a história dos imigrantes alemães. Através de festividades como essa, a comunidade mantém viva a memória dos seus antepassados e compartilha com orgulho suas tradições com as gerações futuras. Para mais informações sobre a festa e para visualizar fotos do evento, acesse a página da Associação Germânica dos Campos Gerais no Facebook, onde estão disponíveis mais detalhes e registros dessa comemoração memorável.

Kommentare


bottom of page