top of page
  • Foto do escritorRedação

Unicentro de Irati realiza 'Varal de Poesia' com alunos

Programa é organizado pelos alunos da Unicentro. O tema foi levada pelos universitários para as turmas de 6º ao 8º ano das escolas

O Varal de Poesia Cristina Mosele é um evento anual que presta homenagem à memória da estudante do curso de Letras. Foto: Divulgação


“Há tantas mulheres incríveis. Algumas são lembradas por suas descobertas ou invenções, mas não são somente elas as incríveis. Mulheres incríveis são as que lutam para ter o que necessitam, sempre se erguem, sempre seguem em frente, mesmo que não enxerguem”. Assim começa o poema escrito por João Victor França Lazanha, aluno do 7º ano do Ensino Fundamental e um dos vencedores do XVI Varal de Poesia Cristina Mosele. O evento, promovido pelo Departamento de Letras (Delet/I) em conjunto com as Divisões de Extensão (Diex/I) e de Cultura (Diproc/I), foi realizado na última sexta-feira, no Auditório Denise Stoklos do Câmpus de Irati da Unicentro.

O poema de João Victor foi um dos 68 inscritos no Varal de Poesia, que neste ano teve como tema “Mulheres Incríveis”. “Eu me inspirei em figuras relevantes da história, tem partes que falam sobre a Joana D’arc, a Harriet Tubman… Eu não esperava ganhar, mas me esforcei e estou muito feliz”, conta o estudante.


Os participantes foram divididos nas categorias juvenil e adulto. Na primeira delas, a premiação foi entregue aos três primeiros colocados de cada ano do Ensino Fundamental II do Colégio Estadual Trajano Grácia, em Irati, onde os acadêmicos de Letras do Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência, o Pibid, realizam suas atividades.

De acordo com a professora Marcela Lopes, uma das organizadoras, o tema da edição foi escolhido a partir do livro intitulado ‘Mulheres Incríveis’, da escritora norte-americana Kate Schatz. A obra, que apresenta o perfil de 44 figuras femininas importantes para a história mundial, foi levada pelos universitários para as turmas de 6º ao 8º ano da escola. “Os pibidianos trabalharam esse texto junto com as professoras e ajudaram eles na criação dos poemas durante as aulas de língua portuguesa e inglesa. Como era um tema que já estava presente na sala de aula, achamos que poderíamos trabalhá-lo um pouco mais através da poesia”, explica a docente.

Para José Thomas Marchinski, o livro o inspirou a escrever um poema sobre mulheres do seu cotidiano. “Meu poema fala sobre a professora, a bombeira, mulheres do interior e principalmente sobre a minha mãe”, ressalta. O jovem ainda confessa que não gosta muito de escrever, mas após conquistar o primeiro lugar entre os estudantes do 6º ano, ele pretende melhorar esse hábito. “É o primeiro lugar entre as duas turmas, então foi muito legal, acho que posso escrever um pouco mais até”, revela.

Bianca Girardi, por outro lado, ama escrever e também conquistou medalha pela sua poesia, na qual fala sobre flores e o amor. “Pensei na minha mãe e na minha avó quando escrevi e em como as mulheres, assim como as flores, transmitem essa beleza, esse amor. Não fiz o poema pensando em ganhar, mas para servir de inspiração, assim como outros poemas me inspiraram, gostaria de ser fonte de inspiração para outras pessoas”, afirma a ganhadora do terceiro lugar do 8º ano.

Na categoria adulto, os vencedores foram a estudante Camila Alexsander (1º lugar), o professor Augusto Borges (2º lugar) e o agente universitário Nelson Luís Cordeiro (3º lugar). O Varal de Poesia Cristina Mosele é um evento anual que presta homenagem à memória da estudante do curso de Letras, ao incentivar os participantes de todas as idades a entrarem no mundo da poesia, uma paixão que acompanhou Cristina durante a sua vida. “Todo ano homenageamos ela e dessa vez não foi diferente. Ainda mais com esse tema ‘Mulheres Incríveis’, é um momento de homenageá-la e, ao invés de pensarmos na morte, pensarmos no fato de que ela vive nesse Varal que já se consolidou na universidade”, conclui a professora Marcela.


Da Assessoria

Comments


bottom of page