• Redação

UEPG participa de evento sobre racismo nas universidades

O evento, que acontece nos dias 28 e 29 de outubro, é uma parceria entre todas as Universidades Estaduais do Paraná

UEPG participa de evento sobre racismo estrutural e institucional nas universidades. Foto: Divulgação/UEPG

O Núcleo de Relações Étnico-Raciais, de Gênero e Sexualidade da Universidade Estadual de Ponta Grossa (Nuregs-UEPG) participa da organização do 2º Seminário sobre Racismo Estrutural e Institucional nas Instituições de Ensino Superior. O evento, que acontece nos dias 28 e 29 de outubro, é uma parceria entre todas as Universidades Estaduais do Paraná.

Nesta edição, o tema do Seminário é “Racismo, antirracismo e a Base Nacional Comum Curricular”. As inscrições vão até 28 de outubro, pela página do evento.


Programação

Na quinta-feira (28), a programação inicia com a cerimônia de abertura e atividade cultural com a cantora Vanessa Machado, às 19h30, seguidas de uma mesa sobre a Base Nacional Comum Curricular e o ensino das relações étnico-raciais, mediada pelo professor Antônio Donizeti Fernandes (Uenp) e com a participação dos professores Leandro Bulhões (UFC) e Ivan Siqueira (USP).


Na sexta-feira pela manhã, acontecem os minicursos sobre a presença indígena na universidade; letramento racial crítico e estudos da linguagem; como a educação pode contribuir para a desconstrução do racismo; e escritoras negras na literatura. Às 10h30, tem início uma mesa temática sobre narrativas de vida e políticas de (re)existência, com Megg Rayara de Oliveira (UFPR), Sonia Marques (Unioeste) e Clodoaldo Porto Filho (Defensoria Pública do Paraná), mediada pela professora Raquel Terezinha Rodrigues (Unicentro).


A segunda mesa temática inicia às 13h30 e aborda “Educação Básica: currículo e as desigualdades – entre a intervenção e a omissão”, com mediação da professora Rosiney Aparecida Lopes do Vale (Uenp) e participação das professoras Marivânia Conceição Araújo (UEM), Aparecida de Jesus Ferreira (UEPG) e Elizabeth Ângela dos Santos Torsi (Unemat). Em seguida, acontece a mesa temática “Ações Afirmativas – uma análise das experiências e perspectivas futuras”, mediada pelo professor Alexsandro Eleotério (Unespar) e debatida por Maria Nilza Silva (UEL), Antônio Donizeti Fernandes (Uenp) e Ione Jovino (UEPG).


O encerramento do Seminário conta com a mediação da professora Aparecida de Jesus Ferreira, da UEPG, e as participações de Cecilia Gusson Santos (SEED) e Álvaro Duque (Rede Pública de Ensino de São José dos Campos/SP; Coletivo Maio de 68, de Mogi das Cruzes). Esse último debate aborda as experiências de ensino das relações étnico-raciais e a BNCC.


Fonte: Assessoria