top of page
  • Foto do escritorHurlan Jesus

Regente Feijó promove atividades em celebração ao Dia da Consciência Negra

O evento foi marcado por apresentações de danças, desfiles, oficinas e atividades com o intuito de valorizar a cultura afro-brasileira

Colégio Estadual Regente Feijó promove atividades em celebração ao Dia da Consciência Negra. Foto: Hurlan Jesus

Na última segunda-feira (20), o Colégio Estadual Regente Feijó, se destacou ao promover uma série de atividades em celebração ao Dia da Consciência Negra. Os alunos do primeiro ano, no período da tarde, participaram de uma palestra intitulada "Desconstruindo o Racismo", organizada pela professora e diretora Débora Ferreira. O evento foi marcado por apresentações de danças e desfiles, todos elaborados com o intuito de valorizar a cultura afro-brasileira.


No dia seguinte, os estudantes do Ensino Médio continuaram imersos em experiências enriquecedoras, participando de diversas oficinas conduzidas pelos professores do colégio. As oficinas abrangeram temas como Protagonismo Negro na Ciência, Filosofia Ubuntu, Palavras de origem africana e indígena presentes no português brasileiro, Jogos e brincadeiras africanas, valorização cultural africana e indígena, signos africanos nas pinturas corporais, personalidades negras e indígenas, composição química e histórica dos produtos capilares destinados ao tipo de cabelo afro, práticas antirracistas, cultura afro-brasileira e ancestralidade, e plantas medicinais de origem indígena e africana.


No período da manhã, os alunos do segundo e terceiro ano também foram contemplados com eventos de grande relevância. A Professora Marcela T. Godoy, da Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG), ministrou uma palestra sobre a "Nova Política de Cotas - Universidades". Após a palestra, os estudantes organizaram apresentações que abrangeram desde uma introdução ao Dia da Consciência Negra até desfiles das belezas Afro-brasileiras do Colégio.


Na terça-feira (21), o palestrante Fernando Mavumdza apresentou a realidade moçambicana. Os estudantes do segundo e terceiro ano também realizaram oficinas e exposições, abordando temas como Vozes Negras na Literatura, Protagonismo das Mulheres Negras na Escrita, Plantas Medicinais de origem indígena e africana, jogos e brincadeiras africanas, Povos Indígenas no Brasil, Autores Negros, Contribuição Africana na Construção do Brasil, Mandalas Africanas, e Signos africanos nas pinturas corporais.


O evento contou com a presença do Núcleo Regional de Educação (NRE), destacando a relevância das atividades promovidas pelo Colégio. Além disso, é digno de nota o envolvimento e a participação ativa dos professores, que desempenharam papéis fundamentais na realização e sucesso das atividades. Sua dedicação e entusiasmo ao promover um ambiente educacional inclusivo e diversificado foram elementos-chave para o êxito do evento.


A celebração ao Dia da Consciência Negra não apenas proporcionou conhecimento e reflexão, mas também promoveu a valorização da diversidade cultural presente na comunidade escolar.


O Colégio Estadual Regente Feijó reafirma seu compromisso com a promoção da igualdade racial, educação inclusiva e construção de uma sociedade mais justa e plural. Essas iniciativas demonstram o papel fundamental da educação na formação de cidadãos conscientes e comprometidos com a construção de um futuro mais igualitário.

Fotos: Hurlan Jesus

Comments


bottom of page