top of page
  • Foto do escritorRedação

Projeto cultural realiza homenagem às mães em Cândido de Abreu

Concerto da Corporação Musical Lyra São Gabriel Arcanjo foi a primeira apresentação do grupo após reconfiguração como projeto independente

Este concerto foi sua primeira apresentação e ocorreu no estacionamento do Supermercado Suprema. Foto: Divulgação


No último sábado (13), estreou em sua primeira apresentação a Corporação Musical Lyra São Gabriel Arcanjo de Cândido de Abreu. O grupo realizou um Concerto Sinfônico em homenagem às mães em um evento aberto ao público, com um vasto repertório que encantou a todos os presentes.


Na fria noite em Cândido de Abreu, crianças e jovens talentosos que são filhos da terra, ressoaram belíssimos acordes em uma apresentação em honra às mães. O evento contou também com homenagens e poesias de autoria dos integrantes da Banda que realizou sua primeira apresentação após ser reconfigurada como projeto cultural independente. A Corporação Musical Lyra São Gabriel Arcanjo de Cândido de Abreu é um projeto voluntário que é mantido por uma associação Cultural sem fins lucrativos, constituída pelos próprios pais, alunos e amigos do projeto.


Este concerto foi sua primeira apresentação e ocorreu no estacionamento do Supermercado Suprema que cedeu gratuitamente o espaço para a realização do evento. Na oportunidade alguns novos integrantes apresentaram-se pela primeira vez e relataram a emoção.A talentosa Maria Luiza Amorim relatou uma sensação muito boa e um nervosismo enorme. "Tem sido muito importante, por que estou aprendendo algo que queria muito , e convivência com grupo no geral é muito boa, o grupo para mim e como uma grande família que se apoiam em tudo, o maestro Erick também me apoia não só como instrutor mas também como um grande amigo, estou gostando muito desse novo aprendizado", declarou Maria Luiza que tem apenas 10 anos.


Maria Luiza ainda diz que espera muito pela próxima apresentação. "Estou eufórica para a próxima apresentação, por que fazer parte da corporação foi um sonho para mim a ,minha expectativa é que supere a última apresentação que já foi maravilhosa", completa.


A nova integrante, Isadora Podisiad, estuda com muita dedicação e habilidade instrumentos de percussão e também se apresentou pela primeira vez. "A minha primeira apresentação na banda. Me deu um pouco de medo de errar, um frio na barriga mais fechei os olhos e comecei a toca me senti leve e deu tudo certo e logo me acostumei. Eu toco na parte dos bumbos, amo meu instrumento toco ele com muito amor e paixão.", disse.


A musicista Lara Caroline Brunke de 14 anos, estuda Saxofone há quase 02 anos e esbanja talento e capacidade em suas apresentações, e ressalta a importância de apresentações como esta e ressalta os pontos positivos e negativos nos aspectos técnicos do grupo. "Depois de alguns meses a sensação de fazer uma apresentação em público, é aquela que dá um friozinho na barriga, mas eu não sei explicar o quão bom é fazer parte disso. Fiquei surpresa que não tivemos tantos erros igual eu imaginava, nossa Corporação está voltando de pouquinho em pouquinho mas nós estamos nos dedicando muito para isso! Um dos nossos pontos fracos é a percussão que no momento ainda está fraca, a maioria dos integrantes que fazem parte da percussão são novos e estão ainda no período de adquirir seus conhecimentos pelos instrumentos. Eu espero que a gente evolua muito, pois parando para pensar nosso próximo campeonato já está aí, eu estou muito confiante que vamos conseguir uma colocação boa!Nossa corporação tem seus defeitos porque ela não é perfeita, mas a família que temos lá dentro é inexplicável!" - Afirma a saxofonista Lara Brunke.


A experiente Eduarda Jaremczuk estuda música há mais de 10 anos e faz uma análise aprofundada sobre o nível do grupo e sobre a apresentação:"O concerto foi, primeiramente, uma nova experiência. Foi o sinal de um recomeço, e ao ver todos reunidos e em suas posições, pude ver que algo que era um sonho, tornou-se realidade. Em questões técnicas, considerando o fato de que tratava-se de um grande desafio para cada um, só posso dizer que foi sensacional! Ainda existem muitos detalhes a se reparar, mas o concerto nos mostrou que a excelência é uma realidade próxima, ainda mais se levar em consideração o empenho que cada um oferece dia após dia".


Segundo o Maestro Erick Brito da Silva a próxima apresentação acontecerá em breve em uma cidade da região que apresentou convite para a realização de um Concerto de inverno, e posteriormente no dia 08 de Julho em Irati em sua primeira competição do ano, onde o grupo representará Cândido de Abreu em busca de seu primeiro título. Erick afirma ainda que nascerão em breve outros dois projetos dentro da mesma corporação.


Da Assessoria

Kommentare


bottom of page