• Redação

Ponta Grossa inaugura ‘Unidade Cultural do Ponto Azul’

No espaço acontecerão encontros de artistas, feiras, mostras, oficinas e cursos

A nova Unidade Cultural do Ponto Azul conta com 4 salas de exposições e ateliê. Foto: Divulgação

Prefeitura de Ponta Grossa, através da Fundação Municipal de Cultura (FMC), inaugurou, na tarde de hoje (24), a nova Unidade Cultural do Ponto Azul. O local já pode ser visitado pela população, que poderá apreciar exposições e participar de oficinas, feiras e cursos disponibilizados pelo Município.


Durante o evento de entrega da unidade, a prefeita Elizabeth Schmidt destacou a importância do novo espaço para a população. “Essa nova unidade cultural fortalece ainda mais o setor da cultura na nossa cidade e tenho certeza será um espaço de encontro, de criação e de arte acessível para todos os artistas e nossa população”, declara.


Segundo o presidente da FMC, Alberto Portugal, todo o espaço foi revitalizado. “Para abrigar essa nova unidade foram feitas adequações em todo o prédio, que ganhou uma nova rede elétrica, pintura e iluminação para receber exposições individuais e coletivas de artistas locais e convidados. Além disso, também teremos encontros e outras atividades a fim de fomentar ainda mais o crescimento e a diversidade da nossa cultura local”, ressalta Portugal.


Além de buscar oferecer um espaço destinado à Cultura, o Município também buscou garantir a acessibilidade do local. “Toda a reforma foi realizada em cerca de 45 dias e buscamos, além da recuperação das instalações, privilegiar a acessibilidade de visitantes e artistas, bem como seu acolhimento”, explica a Diretora do Departamento de Patrimônio Cultural da FMC, Brenda Ferreira.

O espaço

A nova Unidade Cultural do Ponto Azul conta com 4 salas de exposições e ateliê. No espaço acontecerão encontros de artistas, feiras, mostras, oficinas e cursos. Além da estrutura destinada à criação e exposições, o imóvel também conta com dois painéis comemorativos dos artistas Douglas Mayer e Francalacci que foram mantidos e revitalizados.


Lançamentos

Além da inauguração, o evento contou com o lançamento da exposição do artista plástico Marcelo Schimaneski e do livro Pincéis da Superação da escritora e poeta, Dione Navarro.


O livro apresenta poemas acompanhados das imagens das telas de Schimaneski, que foram inspiração para a autora escrever a biografia do pintor. “Cada vez que eu olhava uma tela de Marcelo Schimaneski sentia brotar em mim rios de versos para aquela obra colorida e cheia de ricos detalhes”, relata a escritora.


Já a exposição de Marcelo Schimaneski conta com 21 obras do pintor, que começou a praticar desenho para fortalecer os braços e mãos após sofrer um acidente que o deixou tetraplégico. Devido à limitação de movimentos, ele precisou ser criativo e criou uma técnica própria para pintar suas telas que retratam momentos do cotidiano e, principalmente, paisagens paranaenses.


Os interessados em conhecer os trabalhos de Schimaneski podem visitar a exposição, das 10h às 17h, na Unidade Cultural do Ponto Azul.


Confira as fotos do evento:












Da Assessoria