top of page
  • Foto do escritorRedação

Piraí do Sul promove 3º Encontro de Educação e Políticas Raciais

A palestra principal do encontro abordou a importância da preservação das Sementes Crioulas para a produção de alimentos saudáveis

Piraí do Sul promove 3º Encontro de Educação e Políticas Raciais. Foto: Divulgação

A Secretaria Municipal de Educação e Cultura de Piraí do Sul promoveu o 3º Encontro de Educação e Políticas Raciais para a Igualdade Social, que teve lugar em 10 de agosto. O foco principal deste evento foi dar continuidade ao Projeto Horta Orgânica Escolar, que concentra seus esforços no cultivo e na divulgação de Sementes Crioulas. A coordenação ficou a cargo da professora Angela Hundzinski, que utilizou palestras para disseminar a cultura dos povos tradicionais.


A palestra principal do encontro abordou a importância da preservação das Sementes Crioulas para a produção de alimentos saudáveis. O objetivo era fomentar o conhecimento, a troca de experiências e a motivação para cultivar e conservar essas sementes, as quais abrangem não apenas plantas, mas também a reprodução de animais e polinizadores, essenciais para garantir futuras fontes de alimentação saudável e diversificada.


O evento contou com palestrantes renomados, incluindo André Emílio Jantara, Técnico Agropecuário e Assessor Técnico de Agricultura Familiar e Agroecologia, que se empenha no fortalecimento da Agricultura Familiar e no desenvolvimento rural sustentável no Brasil. Além disso, o Biólogo Renato Kovalski Ribeiro, Assessor Técnico de Conservação da Biodiversidade, defendeu a importância de envolver novas gerações na preservação das Sementes Crioulas.


A presença ilustre também incluiu a Secretária Municipal de Educação Daniela de Mattos Ribas, o Secretário de Agropecuária e Abastecimento Luciano Solek, a Secretária da Assistência Social Maria Lucia da Silva Godoi, diretores, pedagogos, professores municipais e estaduais, alunos do curso Técnico em Agronegócio do Colégio Estadual Jorge Queiroz Neto, membros da Comunidade Quilombola, sociedade civil e funcionários públicos.


Ao encerrar o evento, a Secretária Municipal de Educação e Cultura reforçou a relevância da igualdade social e enfatizou a necessidade de buscar constantemente a equidade, com a justiça social como objetivo primordial.


No decorrer do encontro, foram distribuídos conjuntos de sementes crioulas para quatro escolas municipais participantes do projeto: Escola Municipal Padre Anchieta, Escola Rural Municipal Eurides Martins, Escola Rural Municipal Dom João III e Escola Municipal Professora Lucília Penteado de Araújo. Essas escolas farão parte do projeto de promoção da horta orgânica, continuando o trabalho de disseminação das Sementes Crioulas.

Comments


bottom of page