top of page
  • Foto do escritorRedação

Patrimônio em miniatura atinge um público de 1.100 espectadores

Durante as apresentações, quatro importantes patrimônios que formam a identidade da cidade de Ponta Grossa, ao longo da história, foram retratados em quatro caixas de teatro lambe-lambe

Patrimônio em miniatura atinge um público de 1.100 espectadores. Foto: Divulgação

De 16 a 20 de agosto, os artistas Bya Paixão, Carlos Andrade, Renan Sota e Viviane Oliveira apresentaram histórias sobre patrimônios históricos de Ponta Grossa através do teatro lambe-lambe, tipo de teatro de animação. As apresentações atingiram um público de 1.100 espectadores e foram abertas ao público, com indicação livre, e aconteceram no Lago de Olarias, Praça Santos Andrade e Sesc Estação Saudade.


Durante as apresentações quatro importantes patrimônios que formam a identidade da cidade de Ponta Grossa, ao longo da história, foram retratados em quatro caixas de teatro lambe-lambe. A Casa do Divino, Estação Saudade, Arquibancada do Hipódromo e Clube Literário e Recreativo 13 de Maio formam um conjunto de preciosidades culturais cheias de causos, fatos e momentos inesquecíveis.


O ‘Patrimônio em Miniatura’ é um projeto aprovado pelo Programa Municipal de Incentivo Fiscal à Cultura (Promific), realização do grupo 'Dupla de Dois' e do Coletivo Cacareco, com patrocínio da Continental e apoio da Secretaria Municipal de Cultura, Conselho Municipal de Política Cultural e Prefeitura Municipal de Ponta Grossa.


Fotos: Divulgação


Da Assessoria

Comments


bottom of page