• Redação

Parque de Vila Velha retoma visitas escolares guiadas

Turismo pedagógico agrega valor no currículo escolar. É necessário agendar e solicitar um guia credenciado para acompanhar o passeio

As visitas escolares propiciam aos alunos o enriquecimento cultural, permitindo que vivenciem na prática a teoria dos conteúdos ministrados em sala de aula. Foto: Divulgação

Com o avanço da vacinação contra a Covid-19 para as crianças e o retorno das aulas 100% presencial, o Parque Vila Velha, localizado nos Campos Gerais, retoma as visitas escolares. O parque é uma Unidade de Conservação (UC) Estadual, integrante do modelo de concessão do Governo do Paraná, administrada pela iniciativa privada.


As visitas escolares propiciam aos alunos o enriquecimento cultural, permitindo que vivenciem na prática a teoria dos conteúdos ministrados em sala de aula. De acordo com o gestor do Parque Vila Velha, Leandro Ribas, é fundamental para educação dos jovens ter o conhecimento das histórias que os Arenitos carregam e que até hoje encantam todos os visitantes.


“Conhecer a origem, as mudanças que ocorreram durante mais de 300 milhões de anos, a separação dos continentes, o levantamento do terreno que fez a formação dos Arenitos soerguerem do solo. Tudo isso é de extrema importância para o entendimento de como é a história da natureza e da humanidade”, explica Leandro Ribas.


O secretário estadual do Desenvolvimento Sustentável e do Turismo, Márcio Nunes, destaca que é um parque com grande influência para o turismo do Paraná no cenário nacional. “Vários atrativos foram instalados em Vila Velha, como tirolesa, arborismo, balão e o cicloturismo, para atrair e encantar ainda mais os visitantes”, afirmou.

Biodiversidade

Além de viajar no tempo, conhecendo a história do passado, os estudantes podem ter contato com a biodiversidade da flora e da fauna paranaense. “O parque é um ótimo local para as crianças e jovens explorarem não apenas a vegetação, mas também encontrar animais como o serelepe, quati, lobo-guará e mais raramente a onça suçuarana, além de aves exóticas”, explica Ribas.


Segundo Márcio Nunes, as visitas guiadas vêm ao encontro da política de educação ambiental do Estado, onde quanto mais cedo os jovens despertarem a consciência da preservação, antes passarão a entender que é preciso cuidar, preservar, e que o futuro depende do equilíbrio com o uso racional dos recursos naturais. “Quem ama cuida, e preservar é garantir o futuro das próximas gerações”, destaca o secretário.


Agendamento

Para as visitas escolares, é necessário agendamento junto ao Parque Vila Velha, além da necessidade do acompanhamento de um guia de turismo profissional, devidamente credenciado no parque.


O agendamento pode ser realizado pelo site www.parquevilavelha.com.br. Dúvidas sobre valores devem ser enviadas ao e-mail atendimento@parquevilavelha.com.br.