• Redação

Painel da UEPG destaca 100 anos de Paulo Freire

Evento acontece em 22 de setembro, às 19 horas, em formato remoto

Pedagogo, pesquisador e autor de inúmeras obras traduzidas em diversos idiomas, Paulo Freire registra uma vida dedicada à alfabetização como estratégia de inclusão social e é reconhecido internacionalmente. Foto: Divulgação

Paulo Freire faz 100 anos em 2021. Um painel, integra a série ‘Diálogos em Jornalismo, História e Literatura 2021’, reúne pesquisadores de pós-graduação em Ciências Sociais e Humanas na UEPG para discutir a obra do educador. O evento acontece em 22 de setembro, às 19 horas, em formato remoto.


Na edição deste segundo semestre de 2021 – que acontece na semana do aniversário do Paulo Freire – estão confirmadas as presenças de quatro painelistas: Dra. Ângela Ferreira (PPG Profissional em História), Dra. Hebe Gonçalves (PPG Jornalismo), Dra. Lucimara de Paula (PPG Educação) e a Professora Ivonete Varela (graduada em Educação UFPR).


Lançada no primeiro semestre de 2016, a série ‘Diálogos em Jornalismo, História e Literatura’, realizada uma vez por semestre, acontece em forma de painel sobre a contribuição de pensadores e/ou obra referencial nas áreas de Ciências Sociais, Humanas ou Aplicadas. Desde a primeira edição, a série pautou pensadores como Umberto Eco, Euclides da Cunha, Lima Barreto, Clarice Lispector, além de eventos e obras que marcaram a história recentes das expressões culturais nas sociedades contemporâneas (50 anos do golpe militar de 1964, 50 anos do Maio de 1968, 100 anos da Revolução Russa, biografia de Carlos Marighella, dentre outros temas, obras e pensadores).


Na edição do segundo semestre de 2021, o tema foca os 100 anos do nascimento de Paulo Freire, destacando aspectos e contribuições do educador internacionalmente reconhecido pelos projetos, iniciativas de alfabetização e trajetória biográfica na democratização das condições de acesso à Educação Pública.


“A série ‘Diálogos em Jornalismo, História e Literatura’ é um espaço – neste momento, remoto – para que estudantes (da graduação e pós-graduação) tenham acesso e conhecimento às obras referenciais e também pensadores que marcaram as sociedades contemporâneas”, explica Sérgio Gadini, coordenador do evento. “O painel não tem custo direto e busca socializar conhecimentos que precisam estar acessíveis e incentivados nos ambientes acadêmicos e de produção científica”, completa o coordenador.


Pedagogo, pesquisador e autor de inúmeras obras traduzidas em diversos idiomas, Paulo Freire registra uma vida dedicada à alfabetização como estratégia de inclusão social e é reconhecido internacionalmente pela elaboração de um método original de trabalho. O autor de Pedagogia do oprimido nasceu em Recife, aos 19/09/1921, e morreu em São Paulo, em 2 de maio de 1997.


O painel que destaca a contribuição de Paulo Freire na formação de docentes é a 12ª edição da série ‘Diálogos em Jornalismo, História e Literatura’ na UEPG. As inscrições podem ser feitas durante o evento (que inicia às 19 horas, de 22/09/2021), com transmissão pelo facebook do Programa de Mestrado em Jornalismo e também via youtube.


Por Assessoria