• Mateus Pitela

'Os Winchesters' acertam em cheio com foco na nostalgia

Prelúdio de Supernatural foi planejado para repetir o sucesso do original... e provavelmente vai conseguir

'Os Winchesters' é uma série com potencial para muitos e muitos anos no ar. Ela tem bom-humor e carinho pelo conjunto de elementos que a constitui. Foto: Divulgação


Por mais que uma olhada no piloto de 'Supernatural' faça parecer que estamos diante do mais absoluto produto dos anos 90, a estreia da série na televisão americana aconteceu em Novembro de 2005, um período em que já podíamos sentir as mudanças do começo da Terceira Era de Ouro da Televisão, mas que ainda tinha a TV tradicional batalhando para manter vivas as suas fórmulas. Pautada por criaturas e demônios assustadores, 'Supernatural' era uma série de TV que exalava conservadorismo narrativo.


O modelo procedural de contar histórias (com “casos da semana” a cada episódio) é quase inimaginável nos dias de hoje como exemplo de sucesso. Os maiores títulos do mercado atual – os mais respeitados e premiados, pelo menos – não são construídos nessas bases. Assim como o sitcom com plateia parece deslocado no mundo das comédias, o drama procedural sobrevive com o apoio absoluto da nostalgia. Até mesmo aqueles que invocam o recurso agora, o fazem para dar ao público uma sensação de conforto, de familiaridade.


15 anos depois, 'Supernatural' chegou ao fim e pouco tempo depois recebemos 'Os Winchesters'. Prelúdio calculado para manter a audiência fiel do original, a nova série também trabalha para ser atraente para novos espectadores mas que tenham especial carinho pela “cartilha noventista” que segura as pilastras de ambas. Está tudo lá: a dupla de experiente vs. novato, a tensão romântica entre protagonistas, a turma meio Scooby-Doo que ajuda a caçadora, a mentora que dá respostas encontradas em livros convenientes, as armas que ajudam a resolver qualquer problema, os efeitos especiais duvidosos... e também muito carisma. 'Os Winchesters' funciona, isso fica evidente muito rápido.


Apesar do tom infanto-juvenil e da recorrência de códigos noventistas, 'Os Winchesters' é uma série com potencial para muitos e muitos anos no ar. Ela tem bom-humor e carinho pelo conjunto de elementos que a constitui. Não se leva a sério demais, mas também não esvazia toda a seriedade. Vai agradar quem ama procedurais de fantasia e também vai ser divertida para quem busca os easter eggs de 'Supernatural'. Muito do que nos mantém apaixonados pela cultura pop vem das memórias que guardamos com carinho. Se uma produção consegue acessar essas memórias, ela merece nosso respeito. Bem... 'Os Winchesters' conseguiram.