• Redação

Museu promove debate sobre plantas nas práticas do candomblé

O evento "Plantas de poder no contexto de tradições e saberes ancestrais" vai trazer a pesquisadora Karoliny Martins, a praticante do Daime e fardada do Céu da Nova Vida, Juliana Rodrigues, além da yalorixá do candomblé Dalzira Maria Aparecida

Museu Paranaense promove mesa-redonda sobre plantas nas práticas do candomblé e do Daime. Foto: Kraw Penas/SECC

O público interessado no poder das plantas dentro de tradições e saberes ancestrais terá a oportunidade neste sábado (05) de acompanhar uma conversa rica em trocas e conhecimentos, promovida gratuitamente pelo Museu Paranaense (Mupa). A mesa-redonda "Plantas de poder no contexto de tradições e saberes ancestrais" vai trazer a pesquisadora Karoliny Martins, a praticante do Daime e fardada do Céu da Nova Vida, Juliana Rodrigues, além da yalorixá do candomblé Dalzira Maria Aparecida.


Diversos são os saberes e fazeres que perfazem o cultivo, uso e veneração em torno das plantas nas práticas tradicionais, mediadoras das relações entre humanos e o sagrado. Nesse sentido, Karoliny Martins e Juliana Rodrigues irão compartilhar esse conhecimento em torno do Daime, suas qualidades curativas, conselheiras e corretivas.


Da mesma forma, Dalzira Maria Aparecida – Iya Gunã, trará seus conhecimentos e vivências enquanto yalorixá do candomblé sobre o mundo das plantas, domínio de Ossayn, evidenciando práticas de cura física e espiritual por meio de defumações, chás e usos cotidianos.


O evento integra a programação geral do Programa Público “Se enfiasse os pés na terra: relações entre humanos e plantas”, promovido pelo Museu. Para acompanhar a programação completa do Programa Público, que segue até maio deste ano, acesse o site do Mupa.


Conheça as convidadas:

Dalzira Maria Aparecida – Iya Gunã: Yalorixá do candomblé. Militante no movimento negro, de mulheres e das comunidades de terreiros e religiões de matriz africana no Brasil. Doutoranda em Educação pela Universidade Federal do Paraná, mestre em Tecnologia e Trabalho pela Universidade Tecnológica Federal do Paraná e graduada em Relações Internacionais pelo Centro Universitário Autônomo do Brasil.


Karoliny Martins – Licenciada em Ciências Sociais pela PUC-PR, mestranda em Antropologia pela UFPR, professora de sociologia da rede pública estadual e pesquisadora-bolsista do Núcleo Interdisciplinar de Estudos Sobre Drogas da UFPR.


Juliana Rodrigues – Pesquisadora, professora de Arte e doutoranda em Educação. É praticante da doutrina do Daime e fardada do Céu da Nova Vida desde 2017. Investiga as noções de ética, estética e decolonialidade nos processos de constituição de si.


Serviço:

Mesa-redonda "Plantas de poder no contexto de tradições e saberes ancestrais" com a yalorixá Iya Gunã, praticante da doutrina do Daime Juliana Rodrigues e a pesquisadora Karoliny Martins

Data: Sábado (05)

Horário: 15h

Local: Museu Paranaense - Rua Kellers, 289, Alto São Francisco – Curitiba


Entrada gratuita

A liberação dos lugares será a partir de 14h45, por ordem de chegada, até completar a capacidade do local.

Acompanhe a programação completa do Programa Público “Se enfiasse os pés na terra: relações entre humanos e plantas” no site do Mupa.


Por AEN