• Redação

'Jornal Cândido' destaca atualidade da obra de Shakespeare

O material ainda traz sugestões de como se iniciar no universo shakespeariano e uma relação de teorias curiosas

Nova edição do jornal Cândido destaca atualidade da obra de Shakespeare. Foto: BPP

Está no ar o número 129 do jornal Cândido, da Biblioteca Pública do Paraná, que neste mês mostra como as peças de William Shakespeare (1564-1616) ainda são invocadas para se compreender a realidade e o ser humano.


No especial de abril, mês de nascimento e morte do dramaturgo britânico, o repórter Luiz Felipe Cunha ouviu especialistas que explicam como ele ajudou a formatar o pensamento ocidental com sua abordagem inovadora de temas como guerra, política, amor e ciúme. E por que continuamos recorrendo ao Bardo nestes tempos de guerra, pandemia e grandes transformações políticas.


O material ainda traz sugestões de como se iniciar no universo shakespeariano e uma relação de teorias curiosas (algumas delas cômicas) sobre a trajetória do escritor, até hoje envolta em mistérios e controvérsias. Entre elas a suposição de que Shakespeare não existiu — e seus textos seriam obras filosóficas escritas sob pseudônimo por um grupo de intelectuais e nobres insatisfeitos com o regime da época.


Outros destaques do Cândido 129: entrevistas com Miriam Alves e Ilana Casoy (concedidas a Hiago Rizzi e Isabella Serena), texto de Etel Frota na coluna Pensata, conto de Marcos Pamplona, poemas de Jessica Stori e ensaio fotográfico de Michele Micheletto. A ilustração de capa é de Natasha Tinet.

Leia no site www.candido.bpp.pr.gov.br ou faça o download gratuito AQUI.


Por AEN