top of page
  • Foto do escritorculturacaopg

Galeria da Proex-UEPG recebe exposição de arte incidental

A abertura da exposição acontece na próxima quarta-feira (04), a partir das 19h

A mostra segue em cartaz na Galeria de Arte da Proex, na Praça Marechal Floriano Peixoto, nº 139, até 25 de outubro. Foto: William Clarindo

A Galeria de Arte da Pró-reitoria de Extensão e Assuntos Culturais da Universidade Estadual de Ponta Grossa (Proex-UEPG) recebe, a partir de quarta-feira (04), a exposição “Arte incidental: se essa arte fosse minha”, do jornalista e artista visual Sebastião Natalio. A mostra reúne 19 obras, impressas em papelão.


O diretor de Assuntos Culturais da Proex-UEPG, Nelson Silva Junior, explica que a exposição traz o olhar do artista sobre coisas que estão ao nosso redor e locais que nós passamos, mas não observamos. “É o olhar que o Sebastião Natalio lança sobre as coisas do nosso cotidiano que vão as transformar em obra de arte, que agora chega na nossa Galeria”, soma. “Temos rabiscos e grafites, tinta escorrida, ferrugem, trincas, tinta descascada, colagens sobrepostas, ou seja, a cidade viva, em constante movimentação, criando e recriando formas”, escreve o crítico de arte Benedito Costa Neto em sua introdução para a exposição.


“[As obras] não foram feitas, ou estão ali, com a intenção de arte ao olhar desatento”, descreve o artista Sebastião Natalio. “São abstrações, mas onde o espectador pode encontrar ou inventar figuras”. Para o artista, ao registrar essas imagens, pensa que poderiam ter sido criadas por ele. Os registros foram feitos durante caminhadas por Ponta Grossa, principalmente nos bairros Jardim Carvalho, Ronda, Olarias, Vila Estrela e Oficinas. “Vale lembrar que se essas ‘artes’ estão lá hoje, amanhã poderão não estar mais, tanto pela ação da natureza, do ambiente, ou do homem”, adiciona Natalio.


As obras são impressas em papelão, material preterido pelo artista desde 2017. “É um material versátil, que dá várias possibilidades de criação ao artista, desde as mais tradicionais às mais inventivas. Muito raramente tenho usado tela ou outro material”, conta. Em 2021, obras de Natalio foram selecionadas para o 17º Salão Nacional de Artes de Ubatuba e o 11º Salão de Artes Visuais de Ponta Grossa.


A abertura da exposição acontece na próxima quarta-feira (04), a partir das 19h. A mostra segue em cartaz na Galeria de Arte da Proex, na Praça Marechal Floriano Peixoto, nº 139, até 25 de outubro.

Comentários


bottom of page