top of page
  • Foto do escritorRedação

Exposição fotográfica virtual retrata vida da Família Bianchi

As fotos fazem parte do projeto ‘Digitalização e exposição do Fundo Foto Bianchi’, da Estratégia Projetos Criativos, que tem o apoio da Casa da Memória Paraná

Exposição fotográfica virtual retrata vida da Família Bianchi. Foto: Divulgação

Iniciando uma série especial sobre o Fundo Foto Bianchi, o Museu Cenas de Ponta Grossa recebe a exposição virtual ‘Família Bianchi’, com curadoria de Rafaela Prestes. As imagens, que estão disponíveis no site do Museu, constroem uma narrativa sobre a vida pessoal desta família, através de cenas posadas registradas no início do século XX em Ponta Grossa. As fotos fazem parte do projeto ‘Digitalização e exposição do Fundo Foto Bianchi’, da Estratégia Projetos Criativos, que tem o apoio da Casa da Memória Paraná.


Rafaela reuniu para essa primeira exposição imagens que retratam o núcleo familiar do fundador do Foto Bianchi, Luiz Bianchi, e sua família. As 16 fotografias apresentam cenários como os locais de trabalho e moradia, autorretratos, filhos e cenas cotidianas. Dessa forma, o público vai poder compreender os contextos culturais e sociais presentes nas imagens escolhidas para abrir a série de seis exposições virtuais que serão lançadas ao longo dos próximos meses.


Segundo a curadora, nesta exposição “é possível demonstrar que compartilhavam do desejo comum de qualquer outro indivíduo: o de produzir a permanência de memórias especiais por meio do recurso que lhes era válido – a fotografia, afim de eternizá-las e apresentá-las repetidas vezes em ocasiões diversas”. A digitalização e catalogação das imagens ficou a cargo da historiadora Vitória Gabriela de Oliveira.


“Esta série expositiva capta a relevância da produção da Família Bianchi para a exploração, identificação e apreciação de uma memória que já não é mais individual, mas tornou-se, ao longo do tempo, uma memória coletiva. Luiz, Rauly e Raul Bianchi – avô, filho e neto – ocuparam-se de fotografar profissionalmente pessoas, eventos e paisagens de Ponta Grossa durante suas vidas. Três gerações que escolheram a fotografia como meio de subsistência familiar e que deixaram um legado a ser explorado”, conta Eduardo Godoy, diretor da Estratégia Projetos Criativos.


O acervo em questão, sob guarda da Casa da Memória Paraná, é constituído por 45 mil negativos de chapa de vidro e celulose flexível, ainda em processo de higienização e catalogação. Atualmente, mais de 1.000 destas fotografias integram o acervo virtual do Museu Cenas de Ponta Grossa, iniciativa da ABC Projetos Culturais.


O projeto ‘Digitalização e exposição do Fundo Foto Bianchi’, da Estratégia Projetos Criativos, tem patrocínio do Sicredi por meio do Programa Municipal de Incentivo Fiscal à Cultura (Promific), política pública da Prefeitura de Ponta Grossa, Secretaria Municipal de Cultura e Conselho Municipal de Política Cultural.


Da Assessoria

Hozzászólások


bottom of page