top of page
  • Foto do escritorRedação

Espetáculo de teatro de sombras acontece nesta sexta (18) em Palmeira

Produção integra o teatro de sombras a temáticas que valorizam a história e referências paranaenses

Espetáculo de teatro de sombras "A lenda da erva mate" acontece amanhã, 18, em Palmeira. Foto: Divulgação

A Cia Karagozwk, especialista em teatro de sombras, apresenta no próximo dia 18, o espetáculo de teatro de sombras “A lenda da erva-mate”, no Cineteatro Municipal. As apresentações são gratuitas e dirigidas a alunos da rede pública de ensino. Às 18h30 do mesmo dia acontece também uma oficina sobre técnicas de teatro de sombras para professores, estudantes e comunidade. A iniciativa tem o apoio da Prefeitura Municipal de Palmeira.


A montagem do espetáculo teve início no ano passado, envolvendo múltiplas linguagens. O cenário é uma habitação ancestral dos índios guaranis, desenvolvida pelo experiente cenógrafo curitibano Márcio Innocenti. Um telão posicionado ao fundo da habitação possibilita a projeção dos bonecos de sombra, bem como a reprodução de filmagens com cenas de matas e florestas paranaenses, além de plantações de mate.


“Temos uma dramaturgia muito dinâmica, envolvendo atores no palco, projeção de sombras e interação de silhuetas com filmagens de locais reais. É uma estética inovadora e instigante”, explica o diretor da Cia Karagozwk e diretor artístico do espetáculo, Marcello Andrade dos Santos.


O espetáculo está sendo produzido através da Lei Federal de Incentivo à Cultura, contando com o patrocínio do Grupo Lavoro, do BRDE e do Grupo Servopa. A direção de produção é da ABC Projetos Culturais. O espetáculo está em circulação desde o início do mês, passou por Campo Largo e Guarapuava e está previsto também nos municípios de Santo Antônio da Platina e Wenceslau Braz.


O tema do espetáculo foi escolhido a partir da busca de referências paranaenses. “A partir desse tema trouxemos referências sobre a ocupação indígena do nosso Estado, convidando o público a conhecer o folclore, a cultura e costumes dos guaranis e, ao mesmo tempo, dialogando com a erva-mate, responsável por importante ciclo econômico do Paraná, que ainda hoje tem uma grande representatividade”, assinala Marcello Andrade dos Santos.


Cada aluno que assistir ao espetáculo receberá uma cartilha, com informações sobre a montagem do espetáculo, sobre o teatro de sombras e ainda reunindo dados históricos e atuais sobre a produção erva-mateira. De acordo com o último levantamento realizado pelo IBGE, em 2021 o Paraná produziu cerca 440 mil toneladas de erva-mate, que corresponde a 87% da produção nacional.


Teatro de Sombras

O teatro de sombras é uma manifestação artístico-cultural milenar. Há registros de sua produção na China e na Índia há 6.000 aC. Foram os jesuítas que disseminaram essa expressão cultural na Europa, muito tempo depois. No Brasil, as primeiras referências do teatro de sombras datam do período do Brasil Império.


A Companhia Karagozwk é uma das precursoras no trabalho com teatro de sombras no Paraná. No início da década de 80, o diretor da Cia, Marcello Andrade dos Santos estudou o teatro de sombras no Instituto Del Teatro de Sevilla, na Espanha.


Desde então, segue permanentemente pesquisando e aprimorando sua técnica. Em 2012 a Cia Karagozwk representou o Brasil no X Taller Internacional de Títeres de Matanzas, que aconteceu em Cuba. Já, em 2015, ministrou oficina de teatro de sombras na Escuela Latino Americana de Los Títeres, no México. Marcello Santos é citado desde 2009 pelo Dicionário do Teatro Brasileiro , como referência nesta arte.


Da Assessoria

Comments


bottom of page