• Gabriel Ribeiro

Conheça a história da banda ponta-grossense, ManTrio

Atualizado: 23 de mar.

Grupo já é referência nos bares e apresentações musicais em Ponta Grossa e região

Moacir Smek (Guitarrista e vocalista), Ricardo Corrêa (Baterista) e André Felipe (Baixista) se uniram para formar a banda ManTrio. Foto: Divulgação

O ano era 2014, os três músicos, com uma longa carreira musical, se reuniram para um grupo de estudos de música instrumental. Quando cantaram juntos pela primeira vez, “foi amor à primeira vista”, afirma o baterista Ricardo Corrêa.


Após essa descoberta de que o trio tinha afinidade, Moacir Smek (Guitarrista e vocalista), Ricardo Corrêa (Baterista) e André Felipe (Baixista) se uniram para formar a banda ManTrio.


Membros

Moacir, atual guitarrista e vocalista da banda e, militar do Exército, sempre trabalhou com música e estúdio, desde jovem. Com o incentivo de amigos e familiares, ele se dedica mais na área musical.


Ricardo e André, por outro lado, já estiveram presentes em inúmeras bandas e atualmente, além de membros da ManTrio, são professores. O baterista da aulas de percussão e divide seu temo como professor de yoga, com sua esposa. Já o baixista, ensina contra baixo para jovens da cidade.


De onde veio o nome

O trio teve a vontade de, através do nome, transmitir o que o grupo prioriza na vida. Paz, espiritualidade e pés no chão, esses três pilares fizeram com que a palavra ‘Mantra’ fosse a inspiração para o nome da banda, em razão de toda a sua magia.


“O Mantra possui uma energia sonora que movimenta outras energias que envolvem quem o entoa, um grupo zen, místico, contemplativo, enérgico em suas versões de grandes sucessos da nossa música.”, explica Ricardo.


Estilo musical

A ManTrio tem uma forte influência do rock clássico. Para sair do ‘cover perfeito’, o trio insere algumas pitadas de improviso, grooves e solos extras. Questionados sobre as referências, Ricardo lista alguns nomes. “De maneira geral no Jazz, Fusion: Jaco Pastorius, Herbie Hancock, Miles Davis, John Coltrane, Marcus Miller, Scott Henderson entre tantos outros. Soul Music, praticamente todos. Já na nossa MPB, artistas como Hermeto Pascoal, Nelson Faria, Heraldo do Monte…”, comenta o músico.


Momentos marcantes

O primeiro momento marcado do grupo foi a primeira apresentação. Eles subiram no palco de um dos mais tradicionais bares da cidade, o Bar de Rock Ponta Grossa. Antes da ManTrio, os membros já haviam tocado nesse bar antes, com outros projetos, mas subir ao palco com os três juntos foi outra coisa. “A sensação foi a melhor possível, por estar apresentando um projeto diferenciado com muito groove e músicas complexas.”, relembra o baterista da banda.


Já na música instrumental, a banda teve várias conquistas. Foi o caso do Festival Ostra Jazz, onde o grupo participou de um repertório de Jazz Fusion, esse também foi o maior show da banda. Eles dividiram palco com músicos do Hermeto Pascoal como, Mario Conde, Glauco Solter, Endrigo Bettega e todos os outros que estiveram presentes. Questionados sobre os planos da banda para o futuro, Ricardo afirma “que o universo conspire a favor”. Para conhecer um pouco mais sobre a banda e ficar por dentro de todos os shows, acesse esse link.