top of page
  • Foto do escritorRedação

Biblioteca Pública exibe filme de cineasta queniana e promove roda de conversa

Próxima exibição do encontro do Cine Adélia será na sexta (30), às 18h30, seguida de uma roda de conversa com os participantes

Biblioteca Pública exibe filme de cineasta queniana e promove roda de conversa sobre cultura negra. Foto: Rafiki Reprodução

Na próxima sexta-feira (30), às 18h30, o Cine Adélia exibe no auditório da Biblioteca Pública do Paraná o longa-metragem "Rafiki" (2018). Após a sessão, as organizadoras do cineclube conduzirão uma roda de conversa com os participantes.


"Rafiki", da cineasta queniana Wanuri Kahiu, dialoga com o Mês do Orgulho LGBTQIA+ a partir do cinema queer negro feito por mulheres. O filme conta a história de duas jovens amigas que passam a se relacionar afetivamente e precisam enfrentar a rotina da comunidade conservadora em que vivem, no Quênia.


Esta é a segunda exibição de quatro encontros que acontecem na BPP. Em maio foi exibido o média-metragem "Noirblue" (2018), dirigido por Ana Pi. As próximas sessões estão previstas para os meses de julho e agosto.


Cine Adélia

Cine Adélia é um cineclube itinerante promovido por alunas do curso de Cinema e Audiovisual da Unespar – Kamilly Smith, Giovanna Knaut, Daniela Klem, Giulia Maria e Beatriz Damascena. O nome é uma homenagem à Adélia Sampaio, cineasta do Cinema Novo e primeira mulher negra a dirigir um longa-metragem no Brasil, em 1984.


Os filmes selecionados são realizados por pessoas negras ou com pessoas negras como protagonistas e já foram exibidos no Museu da Imagem e do Som (MIS-PR), no Núcleo Periférico e na Casa do Estudante Universitário.


Serviço:

Cine Adélia - exibição do filme "Rafiki" (2018) e roda de conversa

Dia 30/6, às 18h30

Biblioteca Pública do Paraná (BPP), no auditório - Cândido Lopes, 133 - Centro - Curitiba - PR


Por AEN

Comentarios


bottom of page