top of page
  • Foto do escritorHurlan Jesus

"Abaeté": Uma Jornada Teatral que Resgata Histórias e Gêneros

Espetáculo ocorre no domingo (20) a partir das 16h no Sesc Estação Saudade

"Abaeté" é uma produção do Coletivo Cultural Achados e Perdidos da cidade de São Paulo, em colaboração com a Cia ponta-grossense LevAR-TE. Foto: Divulgação



Um espetáculo repleto de história, ancestralidade e questionamentos sobre gênero está prestes a encantar o público no próximo domingo (20) a partir das 16h, no Sesc Estação Saudade. O palco será ocupado pelo espetáculo "Abaeté", uma produção do Coletivo Cultural Achados e Perdidos da cidade de São Paulo, em colaboração com a Cia ponta-grossense LevAR-TE. Esta parceria especial trouxe a oportunidade de apresentar em Ponta Grossa um trabalho que se origina nas raízes culturais de São Paulo.


Cada membro da equipe traz sua expertise para a construção da atmosfera única de "Abaeté". Desde a atuação intensa de Lírio do Pará até a direção visual criativa de Kevin Braga, a peça se torna um encontro de talentos que resulta em uma experiência teatral memorável.


"Abaeté" promete uma imersão profunda em questões de gênero, história e identidade, enquanto resgata as riquezas culturais do Brasil e convida o público a refletir sobre o passado e o futuro. Os ingressos são gratuitos, porém limitados, é necessário o agendamento através deste contato (42) 3220-6150.


Sinopse: Uma Viagem pela Ilha de Abaetetuba

"Abaeté" convida o público a viajar no tempo e explorar gritos e silêncios, recontando histórias e ressignificando experiências. O espetáculo mergulha em Abaetetuba, uma ilha mágica, cheia de casas, histórias corporais, ancestralidades e naturezas. Neste cenário, a peça traz à tona questões de ressignificação e construção, explorando temas como migração, não-binariedade, gênero e feminilidade. A narrativa segue a jornada de Abaeté, uma jovem que, enquanto revisita a história de sua avó, busca desafiar e reconstruir os papéis de gênero que moldaram diferentes gerações. O palco se transforma em um portal para a ilha de Abaetetuba, localizada no estado do Pará, onde passado e futuro se entrelaçam.


História do Grupo: Uma Pluralidade Criativa

O Coletivo Cultural Achados e Perdidos é um resultado da visão artística da paraense Lírio do Pará, que o fundou em janeiro de 2019. Composto principalmente por artistas da região Norte do Brasil, o grupo se dedica às artes cênicas, palhaçaria e performance como suas principais linguagens. Inspirados pelas riquezas culturais da Amazônia e pelas diversas vertentes do teatro paraense e nortista, os integrantes do coletivo buscam trazer uma abordagem plural e contemporânea ao fazer teatral. A busca por inovação e a valorização das raízes culturais são os pilares que sustentam o coletivo em sua jornada artística.


Ficha Técnica: Unindo Talentos

Realização: Coletivo Cultural Achados e Perdidos

Texto e Atuação: Lírio do Pará

Direção e Visualidade: Kevin Braga

Iluminação e Projeção de Vídeos: Kevin Braga

Provocação Dramatúrgica: Valéria Lima

Captação e Edição de Vídeo: Allyster Fagundes

Trilha Sonora: Íris da Selva

Participação Especial: Sebastiana da Conceição da Silva


Serviço:

Evento: Espetáculo Teatral "Abaeté"

Data: 20 de agosto de 2023 (domingo)

Horário: 16h

Local: Sesc Estação Saudade

Endereço: Rua Fernandes Pinheiro, 77 - Centro, Ponta Grossa - PR

Ingressos: Gratuitos, porém limitados.

Informações: (42) 3220-6150

Foto: Divulgação


コメント


bottom of page