top of page
  • Foto do escritorRedação

Telêmaco Borba elege conselheiros culturais em Conferência

A XII Conferência Municipal de Cultura de Telêmaco Borba, realizada na última sexta-feira (30)

XII Conferência Municipal de Cultura de TB elege o Conselho para o biênio 2023/2025. Foto: Reprodução


A XII Conferência Municipal de Cultura de Telêmaco Borba, realizada na última sexta-feira (30/6), no Centro Cultural Eloah Martins Quadrado, no Teatro Maestro Sirinho, teve como objetivo o processo de eleição dos membros para compor o Conselho Municipal de Cultura (CMC) para o biênio 2023/2025. E também uma oportunidade para debater com os artistas locais sobre a pauta da Lei Paulo Gustavo: desafios e oportunidades.


Após leitura do regimento interno e sua aprovação pela maioria presente, passou-se a fala as autoridades que se mobilizaram em um debate sobre participação, diversidade e cidadania cultural, onde pontuaram como foco a formação do público para a cultura do município.

Dialogou-se, por fim, ainda no período matutino a forma pela qual esses temas entram na pauta das políticas culturais, bem como os avanços desse debate em relação ao que foi realizado em gestões anteriores.


A vice-prefeita Rita Araújo, tratou sobre a importância do processo participativo da sociedade civil no evento, destacou dentre alguns exemplos a inserção de outros grupos no debate (como os idosos, as mulheres do clube de mães e os jovens do CCJ, entre outros). Desta forma afirmou ser relevante um publico diferenciado, mas que se torna no futuro o público da cultura de forma geral.


Nesse viés, também contribuiu com uma fala a secretária municipal de Educação, professora Rosimeyre Barbosa Carneiro, a qual destacou a importância do evento para se efetivar politicas publicas para a cultura do município, e também pontuou sobre a participação da educação nos eventos culturais, o qual vem crescendo e otimizando a arte e a cultura para a rede municipal de educação.


O vereador Toninho Flenik pontuou sobre a criação do Calendário Cultural, muito relevante a pasta da Cultura e de grande oportunidade para a transparência e divulgação dos eventos, o qual também é um mecanismo de divulgação e fomento para otimização dos eventos para a sociedade civil.


Desta forma, o diálogo entre os presentes foi tomando proporções que contribuíram para uma reflexão sobre como tem sido realizada a trajetória da cultura no município. O que bem explanou, em sua fala o vice-presidente do CMC biênio 2021/2023, o artista Bruno Cruz.

Foi realizada a apresentação artística Corpos que dançam, pelas alunas do ballet Maria Júlia Camargo e Brenda Karinelly – com direção de Shintia Bulcão.


Dando sequência ao evento, na parte da tarde houve a palestra com Danilo Buss, assessor técnico da Secretaria de Estado da Comunicação e da Cultura do Paraná, o qual abordou sobre a importância e a relevância da composição dos Conselhos de Cultura.


Também foram apresentados os candidatos inscritos e homologados para participarem do processo de votação, o qual ocorreu entre os dias 22 a 29 de junho no Google Forms.


Todo o processo de inscrição e votação aconteceu de forma on-line, assim também como as propostas dos candidatos. Os quais foram responsáveis por sua transparência e divulgação em suas respectivas redes sociais.


Nesse sentido o processo teve uma representatividade em torno de 346 pessoas, que dedicaram um momento do seu tempo para votar e contribuir com a formação do CMC, para o biênio 2023/2025.


A técnica em artes e cultura Adriana Andrade comenta que a participação virtual envolveu de forma mais abrangente a sociedade para participar do processo de votação, pois apresentou no formato on-line uma possibilidade de votar para aqueles que não puderam estar presentes no evento. Porém, afirma que a presença in loco é sem dúvida muito gratificante para a equipe e para fomentar diálogos sobre a cultura do município a qual carece da participação e comprometimento da sociedade civil.


O secretário municipal de Cultura, Esportes e Recreação, Fabricio Flores, agradeceu aos candidatos participantes da eleição, e a todos os eleitores comprometidos com a formação do CMC. E destaca que o público frequentador da cultura que vive a experiência dos shows, das apresentações artísticas e dos espetáculos, se faz tão importante em um evento como o da XII Conferencia, quanto a presença nos eventos da SMCER, pois podem contribuir com ideias e sugestão enquanto sociedade civil em um momento tão importante e significativo que a Conferência oportuniza.


As conferências municipais são espaços democráticos de debates coletivos para discussão de propostas de organização municipal. Nas conferências municipais, acontece a reunião da Prefeitura de Telêmaco Borba com a sociedade civil organizada para discussão e decisão sobre as políticas públicas municipais.


A reunião com diversos segmentos possibilita o estabelecimento de metas e prioridades e o intercâmbio de experiências entre o poder público e os cidadãos.


Finalizando todo o processo, o qual será divulgado via decreto no boletim oficial, a relação dos candidatos homologados e eleitos para compor o CMC biênio 2023/2025, composição esta que terá como maior desafio a revisão do Plano Municipal de Cultura.


Resultado premilinar da eleição do Conselho Municipal de Cultura (CMC) – Biênio 2023/2025

Artesanato e Turismo

Maria Margarida – Titular

Guilherme Sachs – Suplente


Artes Visuais

Leonardo Nickson – Titular

Estefani Santos – Suplente


Dança

Edinalva Timóteo - Titular

Marco Betim – Suplente


Literatura e Folclore

Anthony Gabriel – Titular

Antonio Marques – Suplente


Música

Nathaly Migdiã- Titular


Teatro

Zeneide Oliveira - Titular

Jonathan Matheus Novak – Suplente


Serão indicados pelo secretário de Cultura e Esportes 2 membros da SMCER com seus respectivos suplentes.


Um membro será indicado pela UEPG – Universidade Estadual de Ponta Grossa.


A composição final será publicada via Decreto no Boletim Oficial do Município.


Da Assessoria



Comments


bottom of page