• Redação

Balé de medusas é eleita foto mais bonita de 2021

Registro feito por Angel Fitor, no Mar Menor, na Espanha, mostra a beleza de uma espécie que batalha contra um desastre ecológico

Balé de medusas é eleita foto mais bonita de 2021. Foto: Angel Fitor

A Sociedade Alemã para Fotografia Natural (em alemão, GDT) elegeu as melhores fotos europeias que retrataram a natureza em 2021. A vencedora geral do prêmio foi a imagem de Angel Fitor, batizada de Balé da Medusa, registrada em Mar Menor, na Espanha. O retrato mostra a luta da espécie contra o desastre ecológico da lagoa salgada, que tenta superar os malefícios da agricultura e do turismo na região.


Na categoria de pássaros, o prêmio ficou com a fotografia do norueguês Terje Kolaas, que mostra a migração de milhares de pássaros. O fenômeno acontece anualmente quando essas aves buscam boas condições meteorológicas para alimentação ou até mesmo para se reproduzir.

Entre as fotografias de mamíferos, a vitória ficou com o britânico Danny Green com a imagem batizada de “Depois da chuva”, que mostra um cervo tentando se secar após um temporal.

A GDT elegeu a fotografia “Dragão esmeralda” do sueco Jan Pedersen como a mais bela da categoria “Outros Animais”. A imagem capturou um réptil florescente em contraste com a vegetação escura de uma floresta.

A categoria “Plantas e Fungos” teve como vencedor o fotógrafo alemão Tobias Richter com a foto “Geada”, que mostra os efeitos da fina camada de gelo sobre o tronco de uma árvore na Alemanha.

Na categoria “Paisagem”, a suíça Anette Mossbacher levou o prêmio da GDT com a fotografia “A árvore da vida”, que retrata os raios solares tocando um conjunto de árvores enraizadas em uma encosta nebulosa.

O “Mundo Submerso” teve como vencedor a foto do francês Fabrice Guerin, batizada de “Balé aquático”. A fotografia mostra um leão marinho na busca por alimento em meio a um cardume de peixes que fogem do predador.

O sueco Magnus Lundgren levou o prêmio da categoria “Homens e Natureza”, que capturou o momento que mais de uma dúzia de fotógrafos interagem com tubarões.

Na categoria “Estúdio da Natureza”, que permite que os fotógrafos façam experimentações com as fotos, o vencedor foi o espanhol Francis de Andrés com a imagem “O chefe”

Entre os adolescentes de até 14 anos, a GDT escolheu a foto “Cantor da primavera”, que mostra um pequeno pássaro soberano diante de um campo de girassóis. O lindo flagra foi feito pelo espanhol Andrés Luis Domínguez Blanco.

O vencedor da categoria de jovens entre 15 e 17 anos foi Lasse Kurkela, da Finlândia. Ele flagrou o bater de asas do gaio-siberiano entre os enormes pinheiros de uma floresta coberta por neve no inverno.


Fonte: Assessoria