• Redação

Alunos da UEPG visitam museu em Tibagi

Referência na história da mineração no sul do Brasil, museu histórico desembargador Edmundo Mercer Júnior é uma fonte inesgotável de conhecimento

Acadêmicos de Geografia da Universidade Estadual de Ponta Grossa visitam museu em Tibagi para pesquisa de campo. Foto: Divulgação


O museu histórico desembargador Edmundo Mercer Júnior, em Tibagi, recebeu a visita de alunos de graduação e pós-graduação de geografia da Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG) para um estudo de campo.


O professor Antônio Licardo foi o responsável pela visita dos alunos para conhecer o museu e a região. Segundo ele, além de gostar muito, o museu de Tibagi é importante no estudo da geografia e da geologia, pois possui diversos pontos importantes e valiosos de patrimônio geológico.


"Tibagi tem um dos melhores patrimônios geológicos do Paraná. Tive a oportunidade de trabalhar por aqui e há mais de 20 anos frequento a região. Com isso, mapeamos alguns locais que merecem visitação pela raridade, contexto científico e toda a história que esse patrimônio conta. Desde a existência de fósseis no percurso da Transbrasiliana, a própria história do diamante que é muito rara. Esse é o único museu que mostra a história da mineração no sul do Brasil. Isso não é pouco e temos que conhecer isso", garante Licardo.


Ele disse ainda que a geologia é muito didática, bonita e curiosa e através das visitas os alunos podem reconhecer o que estudam em sala de aula.


"Tibagi tem muitos sítios geológicos, e os alunos vem à campo para conhecer os pontos de máxima importância. Vale a pena essa logística para virmos até aqui conhecer essa história muito rica", finaliza o professor da UEPG.


Da Assessoria