top of page
  • Foto do escritorHurlan Jesus

Veja como foi a primeira noite da 23ª Conferência Municipal de Cultura

A primeira noite da conferência foi marcada por apresentações musicais, balanço das gestões, prestação de contas, votações e a inclusão de novas cadeiras no Conselho Municipal de Políticas Culturais

Os conselheiros culturais do município também estiveram presentes, representando seus respectivos segmentos. Foto: Edson Silva


Na noite desta segunda-feira (29), teve início a 23ª Conferência Municipal de Cultura de Ponta Grossa, um evento que reúne representantes do setor cultural da cidade para discutir e propor ações que fortaleçam e valorizem a cultura local. A primeira noite da conferência foi marcada por apresentações musicais, balanço das gestões, prestação de contas, votações e a inclusão de novas cadeiras no Conselho Municipal de Políticas Culturais.


A noite teve início com a apresentação da Orquestra Sinfônica de Ponta Grossa, que encantou o público com sua harmonia e talento. Em seguida, subiram ao palco os principais representantes do setor cultural do município, incluindo Alberto Portugal, presidente do Conselho Municipal de Políticas Culturais, Carlos Scheider, representante da Secretaria de Cultura, e Luis Claudio Moutinho, representante da Secretaria de Turismo.


Os conselheiros culturais do município também estiveram presentes, representando seus respectivos segmentos. Ana Cláudia Gambassi representando o Teatro e Circo, Maria Luiza as Artes Populares, Wilton Paz as Artes Visuais, Manoel Correa (BigNel) o Cine, Foto e Vídeo, Pamela Schamne a Dança, Luiz Carlos Gorchinski a Literatura, e Álvaro Bueno a Música. Além de representantes de entidades que tem direito à cadeira, como a de Brendo Francis Carvalho, representando a Associação de Preservação do Patrimônio Cultural e Natural (APPAC), Nelson Silva Júnior a Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG) e de Adriane Lopes as entidades que trabalham com pessoas com deficiência.


Durante a noite, Ana Cláudia Gambassi e Brendo Francis Carvalho leram o regimento interno da conferência, que foi aprovado pelos conselheiros e pela comunidade cultural presente. Em seguida, cada conselheiro apresentou um balanço de suas gestões, compartilhando com o público as realizações e desafios enfrentados em cada segmento.


Após os balanços, Alberto Portugal apresentou a prestação de contas do município, e a divisão dos valores realizadas pela Secretaria de Cultura ao longo dos últimos dois anos e meio de gestão. Portugal enfatizou o aumento do orçamento da pasta, que passou de R$ 12.828.038,85 em 2022 para R$ 16.920.506,07 neste ano, (um adicional de R$ 1.092.467,22 para a pasta, mais outro adicional de R$ 3.000.000,00 para as celebrações do bicentenário do município - "PG 200 Anos"), apontando que R$ 5.379.170 são valores de folhas de pagamento, impostos, e demais setores administrativos da pasta. O aumento não deixa de evidenciar o compromisso da administração com o desenvolvimento cultural local.


Em seguida, foram realizadas algumas votações junto à comunidade. Dentre as decisões, destacam-se a inclusão de novas cadeiras no Conselho, por meio de votações, como Arte Urbana, Carnaval, LGBTQIAP+, e uma cadeira também para representantes Afro-brasilidades e povos originários. Além disso, houve a oficialização da mudança do segmento "Cine, Foto e Vídeo" para "Audiovisual", e também do segmento "Artes Populares" para "Artes Populares e Economia Criativa", a fim de abranger de maneira mais ampla as diferentes formas de expressões nesses campos.


Após as votações, os membros da comunidade cultural que estavam presentes tiveram a oportunidade de se candidatar para concorrer no processo eleitoral, que ocorrerá na noite desta terça-feira (30). Além disso, os atuais conselheiros tiveram a opção de colocar seus nomes para a reeleição, com exceção de Manoel Correa (BigNel), que aproveitou o momento para se despedir das atividades como conselheiro municipal do audiovisual.


A segunda noite da 23ª Conferência Municipal de Cultura acontecerá novamente no Cine Teatro Ópera, nesta terça-feira, a partir das 20h. O evento contará com apresentações das candidaturas dos segmentos, exposição das ações realizadas pela Secretaria de Cultura, leitura e votação das propostas inscritas, discussão de moções, apresentação das propostas dos candidatos e, por fim, o processo eleitoral, culminando com o anúncio dos resultados.


A expectativa é de que a conferência proporcione um ambiente de diálogo, troca de ideias e fortalecimento da cultura no município de Ponta Grossa. Com a participação ativa dos representantes culturais e da comunidade, a conferência tem o objetivo de traçar diretrizes e planos de ação que impulsionem o desenvolvimento cultural, garantam a diversidade e promovam o acesso igualitário à cultura para todos os cidadãos.


A 23ª Conferência Municipal de Cultura demonstra o compromisso da gestão pública com a valorização da cultura local e o reconhecimento do papel essencial que a arte desempenha na formação da identidade e no desenvolvimento social e econômico da cidade. A continuidade das discussões e a implementação das propostas resultantes desse evento certamente contribuirão para um ambiente cultural mais rico, inclusivo e vibrante em Ponta Grossa.


Veja os Candidatos para as eleições desta terça-feira:

- Wilton Paz (Artes Visuais)

- Ana Cláudia Gambassi (Teatro e Circo)

- Maria Luiza Cortes Cavasoti (Artes Populares e Economia Criativa)

- Pamela Schamene (Dança)

- Álvaro Bueno (Música)

- Cezar Francisco Kapp (Música)

- Júlia Margarida Kalva (Literatura)

- Morgana da Silva Sauka (Literatura)

- Lucas Feld Guimarães (Audiovisual)

- Thaís Cristina dos Santos (Audiovisual)

- Aymê Alves(Afro-brasilidades e Povos Originários)

- Sheren Maciel de Campos (Arte Urbana)

- Victor Emmanuel Carbonar Santos (LGBTQIAP+)

- Celso Paraubocz (Carnaval)

- Everson Pontes (Carnaval)

- Maria Thereza - Tetê (Carnaval)


Comentários


bottom of page