• Redação

UEPG lança edital de vagas remanescentes da Bolsa Qualificação

As inscrições para a nova edição vão até o dia 09 de janeiro de 2022

Quem perdeu as inscrições ou teve a inscrição indeferida pela falta de algum documento terá uma nova oportunidade para se cadastrar na Bolsa Qualificação Cultural. As inscrições para a nova edição vão até o dia 09 de janeiro de 2022. O programa, que utiliza recursos da Lei Aldir Blanc, oferece vagas nos variados segmentos de arte e cultura em três módulos de aprendizado. Ao final de cada módulo, o participante tem direito a receber R$ 1 mil, totalizando R$ 3 mil ao final do curso. Fruto de um termo de cooperação técnica entre a Secretaria estadual da Comunicação Social e da Cultura (SECC) e a Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG), o programa Bolsa Qualificação oferece um total de 12 mil vagas, operacionalizadas pela UEPG, responsável pelos cursos e pelo pagamento dos cursistas. Mais de 13 mil pessoas se inscreveram no primeiro edital. Dessas, mais de 8 mil tiveram sua inscrição deferida na primeira edição e estão finalizando o terceiro módulo dos cursos. A nova fase disponibiliza 3.738 vagas para trabalhadores e trabalhadoras da Cultura, pessoas físicas, residentes no Paraná e que não participaram da primeira edição. Evento reúne museus, curadores e universidades para pensar e atuar na América Latina Os cursos terão duração total de 120 horas, divididas em três módulos de 40 horas cada, no período de 01 de fevereiro de 2022 a 24 de março de 2022. O primeiro módulo é comum a todos os segmentos e o segundo e o terceiro módulos da qualificação são específicos para cada segmento do setor cultural: Artes Visuais/Audiovisual/Circo/Dança/Literatura, Livro e Leitura/Música/Ópera/Povos, Comunidades Tradicionais e Culturas Populares/Teatro/Técnicos que atuam na cadeia produtiva da cultura. Os cursos são ofertados na modalidade de Educação à Distância, no Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA) da UEPG. Assim como na primeira edição, participantes de comunidades quilombolas, aldeias indígenas ou que não possuem acesso à internet poderão solicitar material impresso por meio de facilitadores. Festa Literária da Biblioteca Pública acontece no dia 11 e volta ao formato presencial No edital é possível conferir todas as informações sobre a segunda edição do programa, incluindo requisitos para a inscrição, vedações e a divisão de vagas por macrorregiões. Participantes da primeira fase, que por algum motivo não concluíram um módulo ou tiveram pontuação insuficiente para a conclusão de algum módulo, terão uma segunda oportunidade, sem a necessidade de refazer a inscrição. Aqueles que se encaixam nessa situação receberão e-mail e mensagem via WhatsApp (informados no ato da primeira inscrição), até dia 17 de dezembro de 2021, para confirmação do interesse em participar dessa segunda edição. Foto: José Fernando Ogura



Quem perdeu as inscrições ou teve a inscrição indeferida pela falta de algum documento terá uma nova oportunidade para se cadastrar na Bolsa Qualificação Cultural. As inscrições para a nova edição vão até o dia 09 de janeiro de 2022. O programa, que utiliza recursos da Lei Aldir Blanc, oferece vagas nos variados segmentos de arte e cultura em três módulos de aprendizado. Ao final de cada módulo, o participante tem direito a receber R$ 1 mil, totalizando R$ 3 mil ao final do curso.


Fruto de um termo de cooperação técnica entre a Secretaria estadual da Comunicação Social e da Cultura (SECC) e a Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG), o programa Bolsa Qualificação oferece um total de 12 mil vagas, operacionalizadas pela UEPG, responsável pelos cursos e pelo pagamento dos cursistas. Mais de 13 mil pessoas se inscreveram no primeiro edital. Dessas, mais de 8 mil tiveram sua inscrição deferida na primeira edição e estão finalizando o terceiro módulo dos cursos. A nova fase disponibiliza 3.738 vagas para trabalhadores e trabalhadoras da Cultura, pessoas físicas, residentes no Paraná e que não participaram da primeira edição.


Os cursos terão duração total de 120 horas, divididas em três módulos de 40 horas cada, no período de 01 de fevereiro de 2022 a 24 de março de 2022. O primeiro módulo é comum a todos os segmentos e o segundo e o terceiro módulos da qualificação são específicos para cada segmento do setor cultural: Artes Visuais/Audiovisual/Circo/Dança/Literatura, Livro e Leitura/Música/Ópera/Povos, Comunidades Tradicionais e Culturas Populares/Teatro/Técnicos que atuam na cadeia produtiva da cultura.


Os cursos são ofertados na modalidade de Educação à Distância, no Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA) da UEPG. Assim como na primeira edição, participantes de comunidades quilombolas, aldeias indígenas ou que não possuem acesso à internet poderão solicitar material impresso por meio de facilitadores.


No edital é possível conferir todas as informações sobre a segunda edição do programa, incluindo requisitos para a inscrição, vedações e a divisão de vagas por macrorregiões.


Participantes da primeira fase, que por algum motivo não concluíram um módulo ou tiveram pontuação insuficiente para a conclusão de algum módulo, terão uma segunda oportunidade, sem a necessidade de refazer a inscrição. Aqueles que se encaixam nessa situação receberão e-mail e mensagem via WhatsApp (informados no ato da primeira inscrição), até dia 17 de dezembro de 2021, para confirmação do interesse em participar dessa segunda edição.


Por AEN