• Redação

Professor Emir Sader visita PG para debater o tema "Brasil do séc. XXI"

O palestrante é autor de uma vasta obra bibliográfica, composta por 96 livros além de ser um dos maiores cientistas político do Brasil

Emir Sader trará o tema “Brasil do Século XXI” e também uma abordagem da situação política e econômica da América Latina nas primeiras décadas deste século. Foto: Guilherme Santos


O Setor de Ciências Humanas, Letras e Artes da Universidade Estadual de Ponta Grossa (Secihla-UEPG) realiza, nesta sexta-feira (03), aula inaugural com o professor Emir Sader. O evento, que será realizado no Grande Auditório, do Campus Central, terá como tema o “Brasil do Século XXI” e trará uma abordagem da situação política e econômica da América Latina nas primeiras décadas deste século.


“Será um momento importante de debate e discussão sobre a conjuntura social em que estamos inseridos atualmente”, explica a diretora do Secihla e organizadora do evento, professora Silvana Oliveira. O evento reúne e acolhe os alunos dos Departamentos de Educação, Pedagogia, Estudos da Linguagem, História e Artes. “Na medida em que destaca o início das atividades acadêmicas na modalidade presencial em todos os Cursos da UEPG e coloca em discussão a conjuntura política e social do Brasil e da América Latina, também será uma oportunidade de reconhecer o lugar das Universidades no contexto contemporâneo”, analisa Silvana.


O evento é realizado em parceria com o Instituto Cidade Viva, aberto ao público. As inscrições podem ser feitas através de formulário online e os participantes terão certificação de 3h. Além do evento da UEPG nesta sexta-feira (03), Emir Sader estará palestrando no Sindicato dos Metalúrgicos no sábado (04) a partir das 10 horas da manhã.


O Palestrante

Emir Sader é formado em Filosofia pela Universidade de São Paulo, cientista político e professor da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo (FFLCH-USP). É secretário-executivo do Conselho Latino-Americano de Ciências Sociais (Clacso) e coordenador-geral do Laboratório de Políticas Públicas da Universidade Estadual do Rio de Janeiro (Uerj).


O palestrante é autor de uma vasta obra bibliográfica, composta por 96 livros (entre autoria, co-autoria e organização), 154 publicações como capítulos de livros, 243 em periódicos e 736 em jornais de notícias e revistas. Foi ainda o organizador (com Ivana Jinkings, Carlos Eduardo Martins e Rodrigo Nobile), autor e principal idealizador da Latinoamericana: Enciclopédia Contemporânea de América Latina e do Caribe, vencedora do prêmio Jabuti de melhor livro do ano de não-ficção em 2007.


Da Assessoria