top of page
  • Foto do escritorRedação

Prefeitura cobra empresa organizadora da Münchenfest

A empresa deveria ter efetuado o pagamento de R$ 483 mil no dia 17 de outubro, mas até o momento não depositou o valor nas contas da Prefeitura Municipal

A 31ª edição da Münchenfest aconteceu entre 25 novembro e 3 de dezembro. Foto: Rogério Júnior.



A Prefeitura Municipal de Ponta Grossa intimou, nesta quinta-feira (8), a Drial Organização de Eventos Esportivos Ltda - ME, responsável pela organização da Münchenfest neste ano. A informação consta no Diário Oficial do Município. A empresa deixou de pagar R$ 483 mil previstos no edital de licitação para ter o direito de organizar a 31ª edição do evento. De acordo com documentos disponíveis no Sistema Eletrônico de Informações (SEI) da Prefeitura de Ponta Grossa, a Drial informou que realizará o pagamento somente no próximo sábado (10), apesar de o prazo determinado ter vencido no dia 17 de outubro.


Houve a tentativa, por parte da Prefeitura de rescindir o contrato com a Drial antes do início do evento, mas a proximidade da data da festa e a divulgação das atrações impediu a rescisão.

Com a falta de pagamento, a empresa já foi notificada sobre a aplicação de uma multa de 0,5% sobre o valor da oferta vencedora por dia útil, desde o prazo estipulado no contrato até a efetuação do pagamento. Ou seja, visto que a oferta foi de aproximadamente R$ 1,4 milhão e o pagamento deveria ter sido feito em 17 de outubro, a multa atualmente já passa dos R$ 250 mil.


"A contratada tinha pleno conhecimento dos prazos ajustados para pagamento, sendo assim, deve pagar multa, após instauração de processo administrativo", diz um dos documentos assinados pela prefeitura.


Justificativa da Empresa

Em resposta às diversas cobranças da Prefeitura, a Drial alegou que abriu mão de um grande patrocínio e que, com isso, não pôde realizar o pagamento dos R$ 483 mil no dia 17 de outubro.


"Visando privilegiar as cervejarias da cidade, abrimos mão de um grande patrocínio que nos foi oferecido por uma cervejaria nacional, o que resultou numa grande participação da associação dos Cervejeiros da Cidade, que criaram um Chopp especial para a Münchenfest. Essa prioridade, no entanto, nos deixou com a dificuldade de honrar com o pagamento ora referido, contudo, solicitamos a compreensão com nosso compromisso de realizarmos o pagamento no dia 10 de dezembro de 2022", diz um texto assinado por Aluisio de Almeida Vieira, sócio da empresa.


Consequências

Além das multas impostas, a falta de pagamento também poderá culminar na rescisão do contrato para as próximas edições da Münchenfest, em 2023 e 2024, visto que na licitação vencida pela Drial, a empresa obteve o direito de promover a festa por três anos.


Por aRede

ความคิดเห็น


bottom of page