• Redação

Parques estaduais ficarão abertos durante o feriado

As Unidades de Conservação continuam com restrições de público e obrigatoriedade de medidas sanitárias para prevenção da Covid-19

Unidades de Conservação (UC’s) seguem a restrição de 50% da capacidade, em respeito às normas de prevenção da pandemia. Foto: Divulgação

Todos os parques estaduais do Paraná permanecerão abertos para visitação durante o feriado prolongado de Finados, com exceção do Caminho do Itupava, atrativo do Parque Estadual Serra da Baitaca, que permanece fechado para visitação devido às obras de reparos na trilha.


A fim de garantir a atração em Unidades de Conservação, que ofertam locais abertos e contato com a natureza, os Parques Estaduais não fecharão na terça-feira (2), como normalmente ocorre para manutenção.


As Unidades de Conservação (UC’s) seguem a restrição de 50% da capacidade, em respeito às normas de prevenção da pandemia da Covid-19. Também é necessário manter os cuidados para evitar a proliferação do vírus, conforme a Portaria IAT nº 006/2021.


“É preciso que as pessoas que queiram visitar os parques tomem os devidos cuidados, liguem para as unidades e verifiquem se a capacidade não está atingida para garantir a segurança de todos”, explicou o diretor de Políticas Ambientais da Sedest e diretor de Patrimônio Natural do IAT, Rafael Andreguetto.


O diretor alerta, ainda, sobre a entrada nas unidades, que deve ser feita apenas pela portaria oficial. Conforme a determinação, é obrigatório o uso de máscaras por todos os frequentadores e colaboradores.


Também são disponibilizados álcool em gel nas portarias e é preciso que a população respeite as regras de distanciamento social, proibição de acampamento e práticas esportivas. Os equipamentos de uso comum, como bebedouros, estão interditados e é proibido o comércio de alimentos dentro dos parques.


Quem visitar os parques estaduais neste feriado pode se deparar com uma pesquisa de satisfação. Ao todo, dez Unidades de Conservação participam da campanha nacional da Rede Brasileira de Observatórios de Turismo.


Para saber a opinião dos visitantes, foram instalados cartazes. Basta que o turista aproxime a câmera do celular do QR Code. O público vai responder sobre o atrativo, o local onde mora e dizer qual o nível de satisfação geral com a visita.


O objetivo é ouvir o nível de satisfação dos visitantes para debater futuras melhorias necessárias. É possível participar até março do ano que vem.


Confira abaixo a lista de Unidades de Conservação com suas capacidades de visitação:


Parque Estadual Pico do Marumbi – tem pesquisa de satisfação

50 visitantes/dia


Parque Estadual Rio da Onça

175 visitantes/dia


Parque Estadual Serra da Baitaca – tem pesquisa de satisfação

116 visitantes/dia no Anhangava – 166/dia e 166 visitantes/dia no Pao de Loth


Parque Estadual do Monge – tem pesquisa de satisfação

500 visitantes/dia


Parque Estadual de Vila Velha – tem pesquisa de satisfação

407 visitantes/dia nos Arenitos; 159 visitantes/dia nas Furnas; e 279 visitantes/dia na Lagoa Dourada


Parque Estadual do Cerrado Cerrado – tem pesquisa de satisfação

20 visitantes/dia no Cerradinho; e 25 visitantes/dia no atrativo Cachoeira


Parque Estadual do Guartelá – tem pesquisa de satisfação

85 visitantes/dia no Mirante; 40 visitantes/dia na Cachoeira; e 40 visitantes/dia nas Formações Ruiniformes


Parque Estadual de Ibicatu

175 visitantes/dia


Parque Estadual Pico do Paraná – tem pesquisa de satisfação

100 visitantes/dia


Ilha do Mel (PE Ilha do Mel, ESEC Ilha do Mel e Áreas de Ocupação) – tem pesquisa de satisfação

2.500 visitantes em pernoites + 1.500 visitantes/dia


Monumento Natural Salto São João – tem pesquisa de satisfação


Por AEN