top of page
  • Foto do escritorRedação

Parque Histórico terá mediação gratuita na Primavera dos Museus

O público escolar que visitar o museu conhecerá a história de Carambeí pela perspectiva que aborda o passado colonial

Parque Histórico terá mediação gratuita na Primavera dos Museus Foto: Divulgação


O Núcleo Educativo, do museu Parque Histórico de Carambeí, organizou uma mediação pautada na temática da 16ª Primavera de Museus, Independências e museus: outros 200, outras histórias. Os grupos escolares agendados entre os dias 20 e 23 de setembro farão a visita sob essa perspectiva, preparada exclusivamente para esta semana do evento museal.


“Nesta mediação o visitante percorrerá todas as alas museais que falem sobre a imigração holandesa e o Paraná Moderno (final do séc. XIX e XX) para que esse conhecimento possa gerar uma reflexão”. Lucas Kugler, historiador e coordenador do Núcleo Educativo, explica como iniciará a visita que resultará na observação proposta para ligar o passeio ao tema da Primavera dos Museus.


O historiador, a partir dos espaços visitados que mostram um período recente da história de Carambeí, quer levar o público aos seguintes questionamentos: E quem estava aqui antes dos imigrantes? Como era a vida em Carambeí durante o passado colonial em que antecede as ondas migratórias europeias?


Os alunos conhecerão a réplica da construção que representa a Fazenda Carmbehy para compreender a história narrada no museu. “A visita terminará na ala museal da Casa Portuguesa, dentro da Casa da Memória. Neste ambiente, essa questão poderá ser discutida ao receberem uma mediação especial voltada para a realidade do Paraná Tradicional, termo cunhado pelo historiador Pinheiro Machado e que compreendo uma temporalidade do território onde a principal atividade econômica em Carambeí era o tropeirismo, no séc. XVIII e começo do XIX”, explica Kugler.


O tema escolhido para o evento museal deixou o Lucas animado para abordar um período da história que é presente, mas é pouco observado na instituição e que foi essencial para a formação do município. “A pauta temática da Primavera dos Museus coincide com uma temporalidade pouco explorada no museu; o passado colonial de Carambeí. Isso nos possibilita falar de outros sujeitos históricos que também deixaram legados patrimoniais à comunidade carambeiense, nas suas mais diversas formas”.


Serviço:

O Parque Histórico de Carambeí abre para visitação de terça a domingo, das 10h às 17h. Entre os dias 20 e 23 de setembro o museu estará com uma programação especial e entrada gratuita, devido a 16ª Primavera dos Museus. Evento museal organizado pelo Instituto Brasileiro dos Museus (Ibram), com o intuito de fomentar a visitação em instituições culturais neste período. Informações e agendamentos de grupos escolares pelo telefone 42 98433 – 4639.


Da Assessoria

Comments


bottom of page