top of page
  • Foto do escritorRedação

Parque Histórico oferece visitação gratuita nesta semana

Entre os dias 27 e 29 de abril, das 10h às 17h, o museu abrirá para visitação gratuita

O Parque Histórico de Carambeí abre para visitação de terça a domingo, das 10h às 17h. Nos dias 30 de abril e 1º de maio o museu abrirá normalmente, das 10h às 17h. Foto: Divulgação


O Parque Histórico de Carambeí é o maior museu histórico a céu aberto do Brasil. Construído em uma área de 100 mil metros quadrados, o memorial da imigração holandesa proporciona aos visitantes uma imersão na história e cultura da cidade. Entre os dias 27 e 29 de abril, a entrada para visitar o museu será gratuita para todos.


Neste período, o Parque Histórico será palco da ExpoFrísia. A feira, que está entre os principais eventos regionais da pecuária de leite, é realizada pela Frísia Cooperativa Agroindustrial. Nesta edição, contará com a realização do maior evento de tecnologia e inovação da América Latina, a Digital Agro.


Na ala museal do Parque das Águas, acontecerá a Feira do Produtor. No espaço da Casa das Águas, haverá venda de joias, queijos artesanais, artesanato e souvenirs de lavanda.

Entre os dias 28 e 30 de abril, das 10h às 17h, a Casa da Memória receber a 9ª Exposição de Orquídeas. A exposição integra a programação do museu, haverá venda de plantas do Orquidário Durigan e contará comentrada gratuita.


No sábado, dia 29 de abril, a partir das 15h haverá Museu Interativo. Voluntários da comunidade darão vida a Vila Histórica, ala museal que reproduz a antiga colônia Carambeí.


Serviços:

O Parque Histórico de Carambeí abre para visitação de terça a domingo, das 10h às 17h. Nos dias 30 de abril e 1º de maio o museu abrirá normalmente, das 10h às 17h. ingresso é R$30,00. A meia entrada, no valor de R$15,00 é destinada a professores, estudantes e doadores de sangue. Crianças até 6 anos, pessoas acima de 60 anos e moradores de Carambeí cadastrados são isentos da taxa. Mais informações e agendamento de grupos pelo telefone 42 98433-4639.


Da Assessoria

Comments


bottom of page