• Redação

Palestra incentiva produção literária em escolas de PG

Atividades ocorrem nos dias 21 e 24 de fevereiro, às 8 horas, no Colégio Estadual General Osório e no Colégio Estadual Professor Meneleu de Almeida Torres, respectivamente

O tema da palestra é “Perfis da Cidade - 70 anos da saga”, que objetiva despertar no participante não apenas o gosto pela leitura, mas principalmente o interesse em produzir textos e, também, fazer conhecer a obra. Foto: Divulgação

O escritor Flávio Madalosso, autor das crônicas da coluna 'Perfis da Cidade' há quase 30 anos, irá realizar duas palestras sobre produção literária e crônicas sobre Ponta Grossa. As atividades serão realizadas nos dias 21 e 24 de fevereiro, às 8 horas, no Colégio Estadual General Osório e Colégio Estadual Professor Meneleu de Almeida Torres, respectivamente.


O tema da palestra é “Perfis da Cidade - 70 anos da saga”, que objetiva despertar no participante não apenas o gosto pela leitura, mas principalmente o interesse em produzir textos e, também, fazer conhecer a obra. Cada atividade tem duração estimada de 1 hora a 1 hora e 15 minutos.


As palestras são realizadas como contrapartida social do projeto “Perfis da Cidade - a saga com Vieira Neto”, que resultou na distribuição de flyers literários, oficinas de escrita literária e a obra que rememora crônicas de Vieira Neto sobre o município, organizado pela escritora Renata Regis Florisbelo. O projeto foi aprovado pelo Programa Municipal de Incentivo Fiscal à Cultura (PROMIFIC), com patrocínio das Lojas MM Mercadomóveis e do Sicredi e edição pela ABC Projetos.


Segundo Flávio, é de fundamental importância levar à juventude informações sobre o que se produz, em termos de literatura, em Ponta Grossa. “Também há de se destacar que a produção de textos está em todos nós, basta ler, praticar e ter conhecimento de algumas técnicas”, conta o autor.


Os alunos não só conhecerão o autor das crônicas, mas também terão a oportunidade de aprimorar os conhecimentos sobre o gênero crônica, o qual faz parte da grade curricular, de acordo com a diretora do Colégio Estadual General Osório, Marivete Souta. O incentivo à leitura também é gerado aos estudantes.


Renata comenta que as palestras propiciarão um momento cultural aos alunos, mostrando que a literatura e a produção literária podem estar próximos de nossas vidas com fatos do dia a dia, além de despertar o gosto pela escrita. “Resolvemos incluir a palestra pela incrível marca de 70 anos de escrita de crônicas. Imagino quão grandiosa 'semente' de cultivo de valores de afeto à cidade, além de dedicação à escrita e de produção literária em si este gesto possa representar”, relata a escritora.