• Redação

Membros do Conselho de Promoção da Igualdade Racial tomam posse

Secretaria Municipal da Família prevê ações em conjunto com o COMPIR

Membros do Conselho de Promoção da Igualdade Racial tomam posse. Foto: Divulgação


Entidades governamentais e não-governamentais participaram na última sexta-feira (19) da posse dos novos membros e eleição da diretoria do Conselho de Promoção da Igualdade Racial de Ponta Grossa (COMPIR/PG), para a gestão 2022-2024. Realizada no Cine-Teatro Ópera, a cerimônia promovida pela Secretaria da Família e Desenvolvimento Social deu posse a 40 novos membros.


A secretária municipal da Família e do Desenvolvimento Social, Tatyana Denise Belo, comenta que a Prefeitura de Ponta Grossa acompanha a Política Nacional de Promoção da Igualdade Racial, tendo como objetivo a redução das desigualdades raciais, com ênfase na população negra. “Juntamente com o COMPIR realizaremos ações a longo, médio e curto prazos, como também atuaremos no reconhecimento das demandas mais imediatas, bem como das áreas prioritárias no combate ao preconceito e trabalhando para garantir a igualdade racial”, destaca Tatyana.


Durante a posse, foi eleita também a nova presidência e vice-presidência do Conselho, que desta vez será comandado por duas mulheres: a presidente, Cristiane de Fátima Zelensky, representa a sociedade civil pelo Movimento Sorriso Negro dos Campos Gerais, enquanto a professora Liz Angela Gonçalves será a nova vice-presidente, representando a Secretaria Municipal de Educação.


Cristiane Zelenski destacou que a população negra em Ponta Grossa, estimada pelo COMPIR em aproximadamente 60 mil pessoas, é a mais exposta a injustiças e violências. "Diante desse quadro, é urgente que os poderes Legislativo, Executivo e Judiciário intensifiquem as políticas públicas e o cumprimento das leis da promoção da igualdade étnica e de gênero, e que nós, da sociedade civil, lutemos pela mudança da natureza do órgão, de consultivo para deliberativo", defende a presidente.


Vice-presidente, a professora Liz Angela Gonçalves destaca a presença feminina no COMPIR. "O Conselho já atua contra o racismo e a intolerância, e os processos continuam. Estamos, neste momento, com duas mulheres assumindo a diretoria do Conselho, o que significa também mais representatividade para as mulheres. Então estaremos trabalhando, ocupando espaços, observando e analisando todas as questões étnico-raciais no município de Ponta Grossa".

Sobre o COMPIR

O Conselho foi criado a partir da Lei Municipal 12.850, sendo composto por 10 entidades ligadas ao Poder Público e outras 10 à sociedade civil. Assim, cada segmento possui 10 membros titulares e outros 10 suplentes, totalizando 40 pessoas. O COMPIR possui caráter consultivo e fiscalizatório, com o objetivo de combater o racismo, a discriminação racial, desconstruir preconceitos e reduzir as desigualdades raciais, inclusive nos aspectos educacional, de saúde, econômico, financeiro, social, político e cultural, bem como exercer o controle social sobre as políticas de promoção da igualdade racial desenvolvidas pelo Município. O grupo existe desde 2018.

Foto: Divulgação

Da Assessoria