top of page
  • Foto do escritorRedação

LUME Teatro traz peça inédita em primeira visita à Ponta Grossa

Apresentação acontece no Sesc Estação Saudade no dia 2 de maio (terça-feira) a partir das 19 horas

O Espetáculo é uma proposta cênica que, partindo dos limites da teatralidade e de modo fragmentário. Foto: Divulgação


Pela primeira vez em Ponta Grossa, o LUME Teatro, um dos mais respeitados e influentes grupos de produção teatral do país, apresenta o espetáculo inédito “KINTSUGI, 100 memórias”, de direção de Emilio Gracía Wehbi e dramaturgia de Pedro Kosovski. Apresentação acontece no Sesc Estação Saudade no dia 2 de maio (terça-feira) a partir das 19 horas. Os ingressos são gratuitos, porém limitados, meiores informações: (42) 3220-6150.


O Espetáculo é uma proposta cênica que, partindo dos limites da teatralidade e de modo fragmentário, tenta aproximar-se de uma ideia de memória não linear nem bucólica, mas sim uma memória que apresenta o gesto da vontade no ato de lembrar. Para nós, a memória não é nem monumentalista nem autocomplacente; é, sim, um exercício do presente para revisitar as crises passadas, os erros cometidos, as cicatrizes - pessoais e coletivas - que a história nos deixou e, assim, corrigir o nosso futuro; é o reencontro com a dor como ato de superação.


Em termos cênicos, o espetáculo busca assumir as premissas conceituais anteriormente narradas e propõe, a partir da exibição de 100 memórias, uma dramaturgia autoficcional desconstruída de maneira não narrativa que transita perifericamente pela história dos intérpretes, suas histórias em grupo e, como projeção, pela história dos espectadores.


Kintsugi, ou a beleza da imperfeição, é uma palavra japonesa que significa emenda com ouro. Essa arte consiste em reparar cerâmica quebrada com uma mistura de laca e pó de ouro, prata ou platina.


Sobre o Grupo

Criado em 1985, por Luis Otávio Burnier, como um núcleo de investigação universitário, e composto pelos artistas Ana Cristina Colla, Carlos Simioni, Jesser De Souza, Naomi Silman, Raquel Scotti Hirson, Renato Ferracini e Ricardo Puccetti, o grupo; desde seu início, tem um comprometimento com a pesquisa, com as questões sobre saber como atores e atrizes podem desenvolver seus trabalhos a partir de técnicas, de éticas e de formas de pesquisar e praticar sempre em desenvolvimento. Assim, a contribuição do trabalho do grupo para o teatro brasileiro e mundial reside, principalmente, nas possibilidades e nos efeitos multiplicativos de seu trabalho, seja ele na forma de espetáculos, seja na forma de modalidades pedagógicas.


Seu trabalho artístico, seus processos de pesquisa, assim como seu trabalho pedagógico de formação de novos atores e atrizes tem tido uma abrangência particular em termos geográficos, estéticos, poéticos e de repercussão, colocando-o como referência para a formação de outros grupos, pesquisadores e artistas nos campos do Teatro, da Dança e da Performance.


Serviço

Evento: Peça “KINTSUGI, 100 memórias”

Data: 2 de maio de 2023 (terça-feira

Horário: 19 horas

Local: Sesc Estação Saudade

Informações: (42) 3220-6150

Entrada gratuita

Foto: Divulgação

Da Assessoria

Comments


bottom of page