top of page
  • Foto do escritorRedação

Lei reconhece festas juninas como manifestação da cultura brasileira

As festas juninas tiveram origem na Europa e eram vinculadas a celebrações pagãs, que marcavam o solstício do verão

Festejos tiveram origem em celebrações pagãs; ao longo do tempo, foram cristianizados. Foto: Pixabay

O presidente em exercício, Geraldo Alckmin, sancionou a Lei 14.555/23, que reconhece as festas juninas como uma manifestação da cultura nacional. Publicada no Diário Oficial da União (DOU) desta quarta-feira (26), a norma é proveniente do Projeto de Lei 943/19, que foi aprovado pela Câmara dos Deputados em 2019 e pelo Senado, no mês passado.


A proposta foi apresentada pelo ex-deputado Fábio Mitidieri (SE). Na Câmara o texto foi relatado pelo ex-deputado Sergio Toledo (AL).


As festas juninas tiveram origem na Europa e eram vinculadas a celebrações pagãs, que marcavam o solstício do verão, o dia mais longo do ano, no mês de junho, que indicava o início das colheitas.


Ao longo do tempo, foram cristianizadas e passaram a ser dedicadas à comemoração de três santos católicos populares: Santo Antônio (13 de junho), São João Batista (24 de junho) e São Pedro (29 de junho).


Da Assessoria

Comments


bottom of page